Ponto Final

Aldenora Bello faz campanha contra o câncer de pênis

Acompanhe a entrevista com Dr. Leudivan Nogueira
Rádio Mirante AM25/08/2021 às 08h57

Pesquisas realizadas no Hospital do Câncer Aldenora Bello, nos últimos anos, revelou que o Hospital possui a maior incidência de câncer de pênis no mundo, por Instituição. A maioria dos pacientes se apresenta em estágios avançados da doença e por conseguintes com tratamentos radicais e muitas vezes de forma paliativa. O tempo estimado em média da percepção da doença inicial até o primeiro atendimentos é em torno de um ano e seis meses.

Diante desse cenário, a Fundação Antônio Dino está implementando o Plano de Ação contra o Câncer de Pênis, para a redução do tempo de espera por atendimento e assim realizar o diagnóstico precoce da doença.

Nesta quarta-feira (25), o Médico Urologista do Hospital Aldenora Bello, Leudivan Nogueira, em entrevista ao radialista Jorge Aragão, ao Ponto Final, na Mirante AM, explicou que o objetivo dessa iniciativa é reduzir esse tempo que o paciente leva para procurar atendimento médico.

"A fundação criou esse Plano de Ação contra o Câncer de Pênis como uma oportunidade para que o pacientes possam adentrar para ter acesso ao serviço de atendimento urológico/ uroncológico com maior rapidez. Esse plano foi instituído pela fundação na pessoa do Dr. Dino, a partir de uma demanda de um estudo que nós fizemos no hospital que o tempo médio de atendimento entre a primeira manifestação da doença do câncer de pênis, seja uma coceira, seja uma pequena ferida, até o primeiro atendimento com o urologista no hospital, a média estava sendo de 18 meses e a doença é tempo dependente. Então, se a doença existe, que ela seja tratada com maior brevidade possível, porque quanto mais se nesse atendimento, mais a doença avança e mais as cirurgias mutiladoras acontecem. Então de uma simples retirada de um tumor, você passa a realizar amputações parciais, totais e por vezes até a emasculação total do paciente", explicou Leudivan.

Leudivan Nogueira esclarece que os gestores municipais podem aderir ao plano através da agenda online disponibilizada pela instituição.

"Para encurtar esse tempo, foi criada uma agenda eletrônica, online, em que os gestores municipais e aqui nós já temos algumas cidades que estão fazendo parte desse plano, que já aderiram. É só realizar um contato com a fundação, para que o paciente da sua cidade com suspeita, não precisa nem ter o diagnóstico, a cidade agenda uma consulta direta conosco no hospital Aldenora Bello. Nós somos seis urologistas, nós temos vagas disponíveis de forma filantrópica, nós temos a nossa agenda do SUS normal e mais essas vagas para estes pacientes, então não há impacto para a fila habitual. O paciente já vem com dia e hora marcado para a primeira consulta. Chegando até à equipe de Urologia, ela dá seguimento rápido dentro do hospital para tratar esse paciente", disse.

Para aderir ao Plano de Ação contra o Câncer de Pênis, entre em contato:
E-mail: comunicacao@fundacaoantoniodino.org.br Whatsapp: (98) 99971.9897
Telefones: (98) 3089.3119 ou 3089.3153

Leia outras notícias em miranteam.com. Siga, também, a Mirante AM no Twitter e curta nossa página no Facebook. Fale conosco por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99142-5060.

© 2019 - Todos os direitos reservados.