Abrindo o Verbo

Roberto Rocha fala sobre a importância do projeto Zema

Além da Zona de Exportação do Maranhão (Zema), o senador também comentou sobre a aprovação de outros projetos por parte da população
Rádio Mirante AM25/06/2021 às 17h30

Após a aprovação nesta quinta-feira (24) do texto original da medida provisória que reformula a legislação de Zonas de Processamento de Exportação (ZPEs) no Congresso Nacional, o senador Roberto Rocha (PSDB) defendeu, na tarde desta sexta-feira (25) o projeto de criação da Zona de Exportação do Maranhão (Zema), durante entrevista com Geraldo Castro, no programa Abrindo o Verbo, da Mirante AM.

Segundo o projeto, empresas instaladas na Zema terão tratamento especial nos campos tributário, cambial e administrativo, possuindo isenção de impostos e contribuições sobre importações e aquisições de insumos no mercado interno e também redução de burocracia em cima de controles aduaneiros e outras dispensas por órgãos federais.

O senador acredita que a instalação dessa zona de exportação no estado irá estimular a economia a nível estadual, regional e nacional.

"Digo sempre que nós temos as mesmas dimensões da China, como temos dos Estados Unidos: dimensões territoriais, com mais de oito milhões de quilômetros quadrados; dimensões populacionais, com mais de duzentos milhões de habitantes e dimensões econômicas, com um PIB de mais de um trilhão de dólares. Os Estados Unidos são o que são, primeira potência do mundo. A China, a segunda. E por que que o Brasil tem essas condições? Quantos por cento do PIB o Brasil tem nas exportações? 11,5%. E quanto que o mundo tem? 29,5%. A China tem mais de 60%, a Holanda, mais de 75% do PIB nas exportações. Ora, o Brasil com uma fronteira desse tamanho, tantos portos bons e o melhor de todos está aqui em São Luís; o Brasil que tem uma capacidade de produzir imensa, por que que o brasil não tem uma política de exportação atualizada?", comentou.

Roberto Rocha também comentou sobre a criação de um projeto de instalação no Estado de réplicas de monumentos internacionais, como a Torre Eiffel de Paris, na França, e a Estátua da Liberdade de Nova York, nos Estados Unidos.

Ouça a entrevista:

Leia outras notícias em miranteam.com. Siga, também, a Mirante AM no Twitter e curta nossa página no Facebook. Fale conosco por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99142-5060.

© 2019 - Todos os direitos reservados.