Ponto Final

Pavão Filho fala do Orçamento Participativo Digital de São Luís

O secretário foi entrevistado no programa Ponto Final, na Mirante AM
Rádio Mirante AM18/06/2021 às 09h56

O Secretário de Governança Solidária e Orçamento Participativo de São Luís, Pavão Filho, em entrevista ao radialista Jorge Aragão, ao programa Ponto Final, na Mirante AM, falou desse novo desafio na política e deu detalhes dos projetos em desenvolvimento na pasta.

Pavão Filho explica que há um plano elaborado para os quatro anos de mandato do prefeito Eduardo Braide com metas estabelecidas. Essas metas serão cumpridas assim que forem dadas as condições.

"Nós estabelecemos 10 metas para quatro anos de mandato do prefeito Eduardo Braide através da Secretaria Municipal da Governança Solidária e Orçamento Participativo. E nessas 10 metas que nós apresentamos ao prefeito em março e ele aprovou as 10 metas e nós estamos colocando em prática na proporção em que tivermos condições de executá-las", disse Pavão.

O secretário destacou duas ações que estão em desenvolvimento em São Luís. A primeira delas é o mapeamento de São Luís.

"A primeira grande ação que iniciamos agora em maio foi o mapeamento da cidade de São Luís. A Secretaria do Orçamento Participativo trabalha com a participação da população nas ações do governo como um elo entre a cidadania, o cidadão e o poder público municipal. Nós estamos com a nossa equipe desde o dia 17 de maio fazendo a atualização dos bairros, para sabermos quantos bairros São Luís tem. Em cada bairro, quantos grupos habitacionais tem. E se Deus permitir, é o desejo de que o prefeito lance no final do ano o prefeito lance uma cartilha com o título São Luís atual. Essa é a primeira tarefa da secretaria", destacou o secretário.

O Pavão também deu detalhes da iniciativa lançada na quinta-feira (10), o Orçamento Participativo Digital, que é um programa que visa atender as demandas de ruas e bairros de São Luís, de acordo com o que foi relatado pelo cidadão residente do local mencionado.

"O segundo programa foi lançado agora no dia 10 de junho que é o orçamento participativo digital. É o compromisso do governo em ouvir o cidadão, quais as prioridades que ele tem na sua rua e no seu bairro. Porque o desejo do governante seria atender todas as demandas", disse Pavão Filho.

O secretário acrescenta que esses pedidos serão analisados e se estiverem em conformidade com as diretrizes da Lei da Diretrizes Orçamentárias (LDO), o serviço será executado.

Ouça a entrevista completa.

Leia outras notícias em miranteam.com. Siga, também, a Mirante AM no Twitter e curta nossa página no Facebook. Fale conosco por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99142-5060.

© 2019 - Todos os direitos reservados.