Ponto Final

Promotor Igor Marques explica ações da Operação Citrus

Ação aconteceu na última quinta-feira, 27 de maio, por meio do GAECO, que cumpriu mandados de busca e apreensão contra suspeitos de improbidade administrativa.
Rádio Mirante AM31/05/2021 às 09h25

Nesta segunda-feira (31), em entrevista por telefone no programa Ponto Final, na Mirante AM, com o radialista João Ricardo, o promotor de justiça Igor Adriano Trinta Marques, promotor titular de Mirinzal que respondendo pela promotoria de bacuri e que abrange o termo judiciário de Apicum-Açu, deu detalhes da Operação Citrus, deflagrada na última quinta-feira, 27 de maio, em que o Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do Ministério Público do Maranhão cumpriu mandados de busca e apreensão requeridos pelo órgão ministerial e deferidos pelo Poder Judiciário contra suspeitos de improbidade situados nas cidades de Apicum-Açu, Cururupu e São Luís.

"A investigação visa apurar uma série de crimes e atos de improbidade, inclusive crimes relacionados a lavagem de dinheiro, assim como atos de improbidade, em razão da liberação e concessão de licenças ambientais em uma área de preservação permanente quando um dos investigados era gestor do município. Então tudo isso está sendo analisado. Lembrando que a investigação corre em segredo de justiça e a palavra final será do poder judiciário".

Igor Adriano Trinta Marques, explica que a investigação já está em fase final, e o próximo passo será a proposição de denúncias criminas e ações civis públicas por improbidade administrativa.

"Já estamos na etapa final da investigação. Inclusive neste momento, na procuradoria geral de justiça coletamos todos os materiais que foram apreendidos, separando aqueles que nós iremos pedir a investigação de dados, aqueles aparelhos eletrônicos e analisamos já a documentação que foi apreendida nos endereços. Então, após a coleta e seleção de todos esses materiais que estejam ligado evidentemente às investigações, faremos as proposições das possíveis denúncias criminais e ações civis públicas por atos de improbidade administrativa.

Ouça a entrevista completa.

Leia outras notícias em miranteam.com. Siga, também, a Mirante AM no Twitter e curta nossa página no Facebook. Fale conosco por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99142-5060.

© 2019 - Todos os direitos reservados.