Ponto Final

Simplício Araújo descarta lockdown no Maranhão

O Secretário de Indústria, Comércio e Energia do Maranhão foi entrevistado no Ponto Final
Rádio Mirante AM03/03/2021 às 09h45

Na manhã desta quarta-feira (03), em entrevista por telefone no programa Ponto Final, da Rádio Mirante AM, o Secretário de Indústria, Comércio e Energia do Maranhão, Simplício Araújo, falou sobre a reunião realizada como o Governador Flávio Dino, que visa estabelecer medidas restritivas para evitar a proliferação do novo coronavírus no estado.

Simplício esclarece que a reunião desta terça-feira (02), foi a terceira promovida pelo governo do estado. E em cada uma dela, o chefe do executivo estadual, buscou coletar subsídios para definir qual a melhor estratégia de enfrentamento à pandemia.

"Essa foi a terceira reunião. A primeira o governador Flávio Dino fez com os médicos do comitê científico, que dão retaguarda às suas decisões. A segunda reunião foi com os presidentes de poderes, isso que aconteceu durante a segunda-feira. E ontem, terça-feira, a terceira reunião com a classe empresarial. O Governador coletou subsídios do comitê científico; Coletou subsídios e impressões dos chefes de poderes públicos e presidentes de poderes públicos e ontem das associações e federações da indústria, do comércio, da prestação de serviços, do clube de diretores e lojistas e também do Sebrae", disse.

O secretário não deu muitos detalhes da decisão, mas enfatizou que no momento está descartada (não totalmente) a possibilidade de ser decretado um lockdown no Maranhão.

"Após essa oitiva, após essa conversa com esses seguimentos, o governador Flávio Dino, ditou um decreto que vai ser divulgado daqui a pouco às 10h30. O que a gente já pode adiantar é que foi consensual para o momento, ou seja, até agora que não haverá o lockdown. Ele não está completamente descartado, mas para o momento, não será aplicado o lockdown", afirmou.

Ouça a entrevista completa.

Leia outras notícias em miranteam.com. Siga, também, a Mirante AM no Twitter e curta nossa página no Facebook. Fale conosco por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99142-5060.

© 2019 - Todos os direitos reservados.