Execução

Facção é apontada como mandante de homicídio na Cohab

Raílson Vieira Teixeira foi executado com um tiro na cabeça enquanto aguardava atendimento em fila de agência bancária
Rádio Mirante AM14/01/2021 às 08h11

Diferente do que sugeriam as primeiras informações, de que o homicídio ocorrido em fila de agência bancária no bairro Cohab, em São Luís, teria sido motivado por uma discussão, áudios veiculados em redes sociais apontam que se trata de um crime de execução, que tem como mandante a facção criminosa da qual a vítima, identificada como Raílson Vieira Teixeira, de 22 anos, fazia parte e que não aceitou a saída do membro do grupo.

Após buscas nos registros policiais, verificou-se que Raílson foi preso há pouco tempo em uma operação realizada na região do Tajaçuaba e estava em liberdade há quatro dias. Ciente da saída de Raílson da prisão, os membros da facção ficaram insatisfeitos por ele não ter retornado para o grupo criminoso, o que teria motivado a execução do homem.

Ouça a reportagem de Domingos Ribeiro.

Leia outras notícias em miranteam.com. Siga, também, a Mirante AM no Twitter e curta nossa página no Facebook. Fale conosco por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99142-5060.

© 2019 - Todos os direitos reservados.