Ponto Final

Gastão Vieira questiona Pazuello sobre vacina contra covid-19

O deputado federal demonstrou preocupação com a fala do Ministro da Saúde sobre a aplicação de apenas uma dose da vacina contra a covid-19
Rádio Mirante AM13/01/2021 às 13h05

Diante da pandemia do novo coronavírus, a vacina contra a covid-19 continua sendo o foco de toda a população brasileira. Enquanto uns aguardam ansiosamente pela vacinação outros questionam o uso de vacinas como imunizantes.

Nesta quarta-feira (13) o deputado federal Gastão Vieira, em entrevista por telefone no programa Ponto Final, da Rádio Mirante AM, defendeu a proibição da veiculação de discursos que apontam vacinas como algo prejudicial.

"Eu acho que tá na hora da gente fazer o que fizeram nos Estados Unidos com o Trump. Quando a pessoa começar com essa conversa, tira do ar. Porque presta um desserviço. Eu sou uma pessoa esclarecida. E quem não é? E quem acredita nessas conversas sem nenhuma comprovação? Ninguém vai fazer uma vacina que prejudique, para matar", disse.

Gastão demonstrou preocupação com a vacinação no Brasil, uma vez que o Ministro da Saúde afirmou que o governo só irá aplicar uma dose da vacina contra a covid-19 na população brasileira.

"Me assusta porque nós temos muitos desafios. O Ministro da Saúde (Eduardo Pazuello) anunciou que como eles tem pouca vacina, e não vamos discutir aqui o motivo para não politizar mais, ele vai dar uma dose para cada cidadão. A segunda dose, quem garante? A segunda dose tem de ser igual a da primeira dose. Você não pode me dar uma vacina chinesa na primeira dose e me dar uma vacina russa na segunda dose e você tem de garantir a segunda dose senão o efeito da primeira desaparece depois de um determinado tempo e só se consolida o efeito quando você tomar a segunda dose", argumentou.

Ouça a entrevista completa.

Leia outras notícias em miranteam.com. Siga, também, a Mirante AM no Twitter e curta nossa página no Facebook. Fale conosco por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99142-5060.

© 2019 - Todos os direitos reservados.