Entrevista

Eduardo Nicolau comenta nomeação para Procurador Geral

Na manhã desta quinta-feira (25), ele participou de entrevista no programa Ponto Final e comentou a nomeação feita pelo governador Flávio Dino.
Rádio Mirante AM25/06/2020 às 13h15

A partir de nomeação realizada pelo governador do Maranhão, Eduardo Nicolau passa a assumir o comando do Ministério Público do Maranhão entre 2020 e 2022, o novo Procurador Geral de Justiça comentou como recebeu essa indicação, após não ter sido escolhido em outra oportunidade.

"Para nós do Ministério Público não é surpresa, até porque em 2012 eu fui o mais votado e a governadora Roseana Sarney escolheu a terceira colocada e esta vez eu fui o segundo colocado e o governador Flávio Dino me escolheu como segundo colocado. [...] Porque na Constituição qualquer um dos 3 que compõem a lista tríplice pode ser o escolhido pelo governador e isto está na lei, está na Constituição Federal, não tem nenhum tipo de procedimento errado quanto ao governador quando escolhe qualquer um dos três".

Na oportunidade, Nicolau também falou sobre receber o comando do Ministério Público durante a pandemia do novo Coronavírus e as atribuições da pasta.

"Nós estamos assumindo num período totalmente diferente de todos os tempos que nós vivemos. Eu estou a quarenta anos no Ministério Público, quando entrei o Ministério Público era mínimo, era muito pequeno mesmo, as atribuições antes da Constituição de 88 eram menores ainda. Hoje nós temos o dever e o cuidado com sociedade no todo em qualquer área que imaginar, o Ministério Público tem a necessidade de guardar o cidadão, então faz com que as nossas atribuições sejam muito grande, nós temos um verdadeiro leque de atribuição nos doado pela Constituição Federal para que nós possamos cuidar do cidadão. Agora esta fase é muito preocupante, principalmente pra mim, porque nós temos que ter cuidado com toda a população do estado do Maranhão e temos que ter muito cuidado com os nossos representantes do Ministério Público, até porque nós temos promotores doentes, como todo ser humano fica doente com o tempo, e nós temos pessoas com cardiopatia, nós temos promotores com pressão alta, nós temos promotores com várias doenças como qualquer ser humano se acomete de doenças e nós temos que cuidar tanto deles quanto da população e nós estamos fazendo o possível para que nós possamos equilibrar essa situação e não deixar a sociedade sem o representante do Ministério Público".

Ouça a entrevista completa.

Leia outras notícias em miranteam.com. Siga, também, a Mirante AM no Twitter e curta nossa página no Facebook. Fale conosco por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99142-5060.

© 2019 - Todos os direitos reservados.