Entrevista

Aulas da educação municipal podem voltar dia 3 de agosto

O secretário municipal de educação falou que a secretaria está atendendo a todas as orientações das autoridades competentes e que o retorno vai seguir as orientações dos órgãos gerenciadores da pandemia.
Rádio Mirante AM26/05/2020 às 12h12

Na manhã desta terça-feira (26), o secretário municipal de educação, Moacir Feitosa, me entrevista ao jornalista Jorge Aragão, na rádio Mirante AM, falou sobre as medidas que estão sendo tomadas pelo município para que atenda as orientações dos órgãos de saúde e governo do estado, para tentar conter o avanço do novo Coronavírus no Maranhão.

"Nós estamos trabalhando, em primeiro lugar, adotando critérios de evitar aglomerações, trabalhando de tal forma, a atender tudo que é orientação da OMS, as portarias do ministério da saúde, os decretos publicados pelo governo do Estado e pela prefeitura de São Luís, isso do ponto de vista do atendimento, no sentido de contribuir com o combate à pandemia. Ai tem a parte interna de ensino, financeiro e administrativo, que estamos executando na quase totalidade através do sistema remoto, não paramos as atividades, toda parte financeira tem funcionado adequadamente, temos garantido os pagamentos aos fornecedores, o pagamento de professores e funcionários de modo geral, de forma que isso tem evitado uma série de problemas. Do ponto de vista do ensino nós temos trabalhado a questão do estudante e do professor, através de medidas, por exemplo, que foram só em um primeiro momento e depois, da antecipação do período de férias, já preparando a rede para quando for possível retornar, se possa fazer um calendário sem paralisação até terminar o ano letivo, que vai com certeza chegar ao ano de 2021. E também nossos diretores são orientados a realizarem o máximo de atividades que não deixe a criança desfocada da escola e suas famílias também".

Na oportunidade, ele ressaltou que a secretaria juntamente com a prefeitura, para distribuir alimentos aos alunos que estão, por hora, fora da escola. De acordo com Moacir, essa distribuição deve durar enquanto as aulas não retornarem e tem o objetivo de não permitir que os alunos fiquem na faixa de insegurança alimentar. A previsão inicial de retorno das atividades presenciais em sala de aula é para o dia 3 de agosto.

"Por outro lado, ao você colocou realmente, o desfio ao retorno, para isso nós estamos nos preparando, nós estamos tentando estabelecer um calendário, desenhando um retorno possível para 3 de agosto, mas dependendo claro, das decisões que as autoridades sanitárias vão tomar até lá".

Ouça a entrevista completa.

Leia outras notícias em miranteam.com. Siga, também, a Mirante AM no Twitter e curta nossa página no Facebook. Fale conosco por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99142-5060.

© 2019 - Todos os direitos reservados.