São Luís

População relata dificuldades para se vacinar contra H1N1

Além do atraso para início da campanha, algumas pessoas que aguardavam para serem atendidas foram informadas de que a vacinação aconteceria em outro local
Rádio Mirante AM23/03/2020 às 08h59

Na manhã desta segunda-feira (23), por volta das 7h, teve início em São Luís, a primeira fase da campanha de vacinação contra a H1N1. A prefeitura disponibilizou 118 salas em 76 postos para dar conta de atender todo público-alvo, que são idosos a partir de 60 anos, crianças de 6 meses a menores de 6 anos e profissionais da saúde, além de seguir as medidas para combater o novo coronavírus, evitando que aglomerações sejam criadas.

Mas logo nas primeiras horas de vacinação, populares relataram diversos transtornos. No IEMA, no centro de São Luís, o veículo com as doses da vacina chegaram apenas às 8h. Uma senhora que aguardava na fila relatou que chegou no local às 6h e foi informada que a vacinação seria no Hospital Paulo Ramos, ao chegar no unidade hospitalar disseram que não seria lá e pediram para ela retornar ao IEMA.

Ouça a reportagem de Domingos Ribeiro.

Leia outras notícias em miranteam.com. Siga, também, a Mirante AM no Twitter e curta nossa página no Facebook. Fale conosco por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99142-5060.

© 2019 - Todos os direitos reservados.