prisão

Delegado prende passageiro do motorista de Uber

Um dos ocupantes já tinha passagens pela polícia, por roubo e tinha mandado de prisão em aberto.
Rádio Mirante AM11/01/2019 às 11h24

A Polícia Civil prossegue as investigações sobre a morte do motorista de Uber, Edmilson Pimenta Azevedo, ocorrida no último domingo (6), em São Luís. Por enquanto, a hipótese de latrocínio está afastada, mas o inquérito ainda não foi concluído.

A Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa chegou a esta conclusão após os depoimentos dos passageiros, que informaram ter havido uma discussão no trânsito entre o motorista e um motoqueiro.No entanto, foi apurado que um dos ocupantes já tinha passagens pela polícia, por roubo, e um mandado de prisão em aberto..

Há indícios de que a discussão teria ocorrido com um dos passageiros, e o tiro que foi fatal acertou o condutor do veículo. A moto vermelha utilizada pelo motoqueiro está tendo levantada sua placa e origem.

Em entrevista à repórter Alessandra Rodrigues, o delegado Clarismar Campos, da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa, falou sobre as linhas de investigação.

Ouça o áudio com mais informações.

Leia outras notícias em miranteam.com. Siga, também, a Mirante AM no Twitter e curta nossa página no Facebook. Fale conosco por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99142-5060.

© 2019 - Todos os direitos reservados.