PRISÃO

Preso policial suspeito de matar três jovens na zona rural

O policial militar Hamilton Caires Linhares, que se encontrava fazendo a vigilância na área onde as vítimas foram encontradas, é o único suspeito até o momento
Rádio Mirante AM08/01/2019 às 09h31

Avançam as investigações da polícia para apontar o autor do assassinato de três jovens na última quinta-feira (3) no povoado Mato Grosso, próximo ao Coquilho, zona rural de São Luís.

O policial militar Hamilton Caires Linhares, ligado à Companhia de Operações Especiais (COE), que se encontrava fazendo a vigilância na área onde as vítimas foram encontradas, é o único suspeito até o momento.

Caires está preso preventivamente, por 30 dias. O delegado Lúcio Rogério Reis, que investiga o caso, informa que apesar de todos os indícios de autoria, o policial continua negando ter sido o autor dos disparos que mataram ildean Castro Silva, de 14 anos, Gustavo Feitosa Monroe,18, e Joanderson da Silva Diniz,17, alvejados com tiros na nuca.

O policial confessa que realmente deu um tiro para o alto, os jovens fugiram, e ele então desistiu da perseguição, porque estes se esconderam no matagal. Também afirmou que já usou uma ‘pistola.40’, mas esta foi roubada há alguns meses. O registro, porém, não foi feito em nenhuma delegacia, nem comunicado ao COE. A arma que utilizava no trabalho, pertence a um amigo, segundo ele.

Outros três vigilantes que estavam na área, no mesmo dia, informaram que o soldado Caires entrou no mato, demorou cerca de dez a quinze minutos e voltou, tendo mais tarde afirmado que cometera a execução das vítimas.

Ouça o áudio com mais informações.

Leia outras notícias em miranteam.com. Siga, também, a Mirante AM no Twitter e curta nossa página no Facebook. Fale conosco por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99142-5060.

© 2019 - Todos os direitos reservados.