Ponto Final

Hildo Rocha destaca união da bancada maranhense

Deputado federal foi o entrevistado do Ponto Final, com Jorge Aragão
Rádio Mirante AM17/11/2018 às 09h20

O deputado federal Hildo Rocha (MDB) foi o entrevistado deste sábado, no Ponto Final, com Jorge Aragão, na Rádio Mirante AM. Reeleito com 77.661 votos, Hildo disse que continuará trabalhando nos municípios maranhenses nos próximos quatro anos.

"A população entendeu que aqueles que tiveram mais votos são os mais preparados para serem os seus representantes e eu me sinto honrado por ter sido reeleito para mais um mandato. Nós agradecemos muito a população por reconhecer o nosso trabalho. Nós não utilizamos o poder econômico para conseguir nenhum voto. Eu vou continuar fazendo o meu trabalho na minha base política nos municípios, pois é lá de fato que o político conhece o desejo e a necessidade da população".

Hildo Rocha destacou a reunião da bancada maranhense em Brasília que já definiu os recursos que serão destinados ao Maranhão por envio das emendas impositivas. Segundo o parlamentar, a bancada maranhense está unida e amadurecida para trabalhar pelo estado.

"O orçamento de 2019 já está sendo trabalhado e nós nos reunimos, os deputados e os senadores e nós definimos as prioridades. Nós conseguimos recursos para a Polícia Rodoviária Federal comprar novas viaturas. Conseguimos R$ 10 mil reais para a cardiologia do Hospital Dutra, R$ 17 milhões para a Codevasf fomentar a agricultura familiar, R$ 105 milhões para a saúde básica, R$ 31 milhões para a saúde de média e alta complexibilidade, recursos para equipar o Hospital da Criança no município de São Luís e além da compra de ônibus escolares. Garantimos recursos para a Base de Alcântara, IFMA, UFMA, Uema, recursos da ordem de R$ 30 milhões para construção da nova sede do IML. Garantimos recursos para a construção de 4 unidades do Hospital do Câncer de Barretos (Hospital do Amor), no Maranhão que serão construídos em São Luís, Santa Inês, Bacabal e Imperatriz. Colocamos R$ 400 milhões para refazer o trecho da BR-135 entre Miranda e Presidente Dutra. Agora precisamos estar unidos para lutar que os recursos venham para o Maranhão", destacou.

Hildo Rocha disse acreditar que Jair Bolsonaro fará um bom governo e destacou como positiva a escolha dos ministros. "Eu acredito que ele fará um governo muito bom. É a primeira vez que a gente tem um líder de direita popular eleito pela população. Eu estou vendo que ele está se cercando de bons auxiliares. Eu tive a oportunidade de participar do anúncio do nome da deputada Teresa Cristina que é uma pessoa preparara, estudiosa do assunto é presidente da Frente Parlamentar do Agro Negócio. Ele escolheu um bom ministro para o Ministério da Justiça que é o Sérgio Moro. Então estou vendo que ele está escolhendo bons nomes até porque ele não administra sozinho", disse acrescentando que Onyx Lorenzoni indicado para a Casa Civil não é um bom articulador dentro da Câmara e que o governo pode encontrar dificuldades", afirmou.

O parlamentar disse não ter entendido a reação do governo cubano com relação ao programa Mais Médicos. "Ora se os brasileiros fazem o revalida, porque os cubanos não podem fazer? O que Cuba está fazendo é uma tentativa de atrapalhar o governo Bolsonaro e criar dificuldade tirando o médico de um local e não repor. Então eles não estão pensando na população brasileira, mas em fazer política, mas o governo brasileiro já vai baixar um decreto para a contratação de novos médicos para o programa e nós temos médicos brasileiros capacitados para ocupar esses postos"

Ao final da entrevista, Hildo Rocha reafirmou que colocou o seu nome à disposição do MDB para comandar o partido no Maranhão. "Eu estou querendo formar um partido forte e buscar nomes novos. Você vê São Luís não tem nenhum vereador. Nós elegemos apenas dois deputados federais, nossos senadores não se elegeram e nós tivemos apenas 30% dos votos para o governo, então eu estou colocando o meu nome para oxigenar o partido, apenas pelos próximos 2 anos, eu não quero mais do que 2 anos para buscar novos caminhos para o partido", finalizou.

Ouça a entrevista na íntegra.

Leia outras notícias em miranteam.com. Siga, também, a Mirante AM no Twitter e curta nossa página no Facebook. Fale conosco por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99142-5060.

© 2019 - Todos os direitos reservados.