PF faz operação de combate ao transporte ilegal de madeira - miranteam.com
CRIME AMBIENTAL

PF faz operação de combate ao transporte ilegal de madeira

Foram apreendidos documentos em um condomínio residencial, afastados 12 policiais rodoviários e quatro servidores da Secretaria da Fazenda
Rádio Mirante AM08/11/2018 às 10h17

Com o objetivo de combater ilícitos contra administrações públicas acusadas de permitir o transporte ilegal de madeira serrada por meio das Brs 222 e 316, no estado do Maranhão, a Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quinta-feira (8), em São Luís, uma operação que começou num condomínio localizado no Bairro Cohafuma, onde foram apreendidos vários documentos.

Por meio de nota oficial, a PF informou que a operação “Via Perditionis”, da qual participaram 150 servidores, entre policiais federais, policiais rodoviários federais e integrantes da Corregedoria Geral da Polícia Rodoviária Federal (PRF) com o apoio de servidores do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA).

As investigações apuraram que nas cidades de Araguanã, a 300 km de São Luís, e em Santa Inês (250 km), servidores estavam permitindo a circulação irregular de caminhões carregados de madeira.

As ações em Santa Inês eram executadas nas imediações do Posto Fiscal Estaca Zero, em colaboração com “fiscais de pista”, que autorizavam a passagem dos caminhões, sem a verificação dos documentos de origem florestal e as respectivas notas fiscais dos carregamentos de madeira.

O juiz da 8ª Vara Federal determinou o afastamento de doze policiais rodoviários federais e quatro “fiscais de pista” da Secretaria de Fazenda. Também foram cumpridos quatro mandados de prisão preventiva, dois mandados de prisão temporária, envolvendo empresários e caminhoneiros do ramo madeireiro, 18 notificações de medida cautelar diversa da prisão, 22 mandados de busca e apreensão e mais 20 intimações.

Os investigados responderão pelos de pertenciamento a organização criminosa, corrupção ativa, corrupção passiva, tráfico de influência, violação do sigilo funcional e receptação qualificada.

Ouça o áudio com mais informações.

Leia outras notícias em miranteam.com. Siga, também, a Mirante AM no Twitter e curta nossa página no Facebook. Fale conosco por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99142-5060.

© 2018 - Todos os direitos reservados.