Exploração

Bacia do Parnaíba tem primeira descoberta de gás natural este ano

Companhia Eneva encontrou indícios de gás no bloco PN-T-69, que foi arrematado na 13ª Rodada de Licitações
Imirante.com, com Portal Brasil Energia11/01/2022 às 09h00
Bacia do Parnaíba tem primeira descoberta de gás natural este anoCompanhia planeja perfurar 15 poços entre este mês e dezembro do ano que vem na Bacia do Parnaíba (Divulgação)

Quase três semanas após iniciar a perfuração do poço de extensão 3-ENV-28D-MA, na Bacia do Parnaíba, a Eneva encontrou indícios de gás no bloco PN-T-69. Esta é a terceira descoberta de gás no ativo. As duas primeiras ocorreram nos poços 1-ENV-7A-MA e 1-ENV-4-MA, perfurados em 2019.

O PN-T-69 foi arrematado na 13ª Rodada de Licitações, realizada em 2015, e está no seu segundo período exploratório, cujo vencimento está previsto para 23 de setembro de 2022.

De acordo com o cronograma enviado pela companhia à Segurança Operacional e Meio Ambiente (SSM) da ANP no final de novembro, os próximos três poços a serem perfurados pela Eneva serão nos blocos PN-T-87, PN-T-103 e no campo de Gavião Belo, entre janeiro e março de 2022.

Ao todo, a companhia planeja perfurar 15 poços entre este mês e dezembro do ano que vem na Bacia do Parnaíba, sendo que 12 serão em reservatórios convencionais e três em reservatórios não convencionais – atividade que demandará a técnica de fraturamento hidráulico.

Portfólio

A Eneva opera 25 blocos exploratórios, dos quais 17 estão localizados na Bacia do Parnaíba. As oito áreas restantes foram arrematadas no 2º Ciclo da Oferta Permanente em 2020, sendo sete blocos exploratórios nas bacias do Amazonas e Paraná e a área de acumulação marginal de Juruá, na Bacia de Solimões.

A companhia tem ainda cinco campos produtores (Gavião Real, Gavião Vermelho, Gavião Branco, Gavião Caboclo e Gavião Azul) e quatro em desenvolvimento (Gavião Preto, Gavião Branco Norte, Gavião Tesoura e Gavião Carijó). Esses nove ativos estão localizados na Bacia do Parnaíba, região onde opera o Complexo Parnaíba (parque de geração termelétrica com 2,8 GW de capacidade instalada). Há ainda o campo de Azulão, no Amazonas.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

Selo IVC
© 2019 - Todos os direitos reservados.