Luto

Morre Elisângela Cardoso, ex-presidente da Funac no Maranhão

Elisângela tinha 44 anos e atualmente era adjunta da Secretária de Estado dos Direitos Humanos.
Imirante.com14/07/2019 às 14h31
Morre Elisângela Cardoso, ex-presidente da Funac no MaranhãoFormada em pedagogia, Elisângela tinha 44 anos e lutava contra um câncer. (Foto: reprodução)

MARANHÃO - Morreu, na manhã deste domingo (14), a secretária-adjunta de Estado de Direitos Humanos Elisângela Cardoso, em decorrência de um câncer contra o qual lutava.

Formada em pedagogia, Elisângela tinha 44 anos, foi presidente da Funac no Maranhão e atualmente se encontrava no cargo de adjunta da Secretária de Estado dos Direitos Humanos.

Também atuou na na articulação da implantação da Rede Amiga da Criança de São Luís e na implantação da Rede Maranhense de Justiça Juvenil (Remaju), que possui foco no atendimento socioeducativo e na justiça restaurativa.

Com a notícia do ocorrido, a Funac e a Assembleia Legislativa do Maranhão lamentaram a perda de Elisângela por meio de notas.

Leia as notas de pesar na íntegra:

Funac

O Governo do Maranhão, por meio da Fundação da Criança e do Adolescente (Funac) manifesta profundo pesar pelo falecimento de Elisângela Correia Cardoso que presidiu a Funac e foi uma grande defensora dos Direitos Humanos e dos direitos de crianças e adolescentes.

Elisângela assumiu a Secretaria Adjunta da Criança e do Adolescente da Secretaria dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop) em 2019. Foi presidente da Fundação da Criança e do Adolescente, na gestão do governo Flávio Dino (2015 a abril de 2019) e presidente do Fórum de Entidades Gestoras do Sistema Socioeducativo (Fonacriad), nas gestões de 2015 a 2017 e 2017 até abril de 2019.

Atuou na articulação da implantação da Rede Amiga da Criança de São Luís e na implantação da Rede Maranhense de Justiça Juvenil (Remaju), que possui foco no atendimento socioeducativo e na justiça restaurativa.

Além disso, coordenou o Centro de Promoção da Vida de Crianças e Adolescentes da Área Itaqui-Bacanga – CEPROVI/Pastoral do Menor. Atuou na articulação da Romaria dos Trabalhadores.

Sócia e colaboradora do Centro de Defesa dos Direitos de Crianças e Adolescentes Padre Marcos Passerini. Atuou por mais de 20 anos na militância dos movimentos sociais ligados à defesa dos direitos da criança e do adolescente e nos movimentos de mulheres negras, dentre eles, o Mãe Andresa.

Nesse momento, nos unimos em orações e mensagens de esperança, apoio e solidariedade à família e amigos para superar essa perda.

Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão

A Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão lamenta o falecimento da secretária-adjunta de Estado de Direitos Humanos, Elisangela Cardoso, ocorrido neste domingo (14).

Mlitante combativa nos movimentos sociais, Elisangela Cardoso deixou a marca de sua dedicação e excelente atuação profissional durante os anos que exerceu a Presidência da Fundação da Criança e do Adolescente (Funac).

Neste momento de pesar, a Assembleia Legislativa solidariza-se com os familiares e amigos de Elisangela, rogando a Deus o conforto para suportar a profunda dor da perda de uma pessoa tão admirada e querida.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.