Ação policial

Preso suspeito de explosões em agências bancárias nos Estados do MA, PA e GO

De acordo como a polícia, Valdenir Coelho Granja é integrante da associação criminosa responsável por explosões em agências bancárias e terminais de autoatendimento.
Imirante.com, com informações da Polícia Civil 11/07/2019 às 14h04
Valdenir Coelho Granja foi preso em um condomínio, bairro Forquilha, em São Luís. Foto: Divulgação.

SÃO LUÍS - A Polícia Civil do Maranhão, por meio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC) e do Departamento de Combate ao Roubo a Instituições Financeiras (DCRIF), deu cumprimento a um mandado de prisão preventiva, expedido pela comarca de Aparecida de Goiânia-GO, contra Valdenir Coelho Granja, conhecido como TG, na tarde dessa quarta-feira (10).

Leia também:

Criminosos explodem agência bancária no bairro João Paulo

Suspeito morre, e dois são presos após assalto a agência dos Correios

De acordo como a polícia, Valdenir Coelho Granja é integrante da associação criminosa responsável por explosões em agências bancárias e terminais de autoatendimento nos Estados do Goiás, Pará e Maranhão.

Valdenir Coelho Granja foi preso em um condomínio, bairro Forquilha, em São Luís, onde ele estava residindo há alguns meses, segundo a polícia. No momento da prisão, Valdenir Coelho estava em posse de uma pistola calibre 380, com numeração suprimida e documentos falsos.

Valdenir Coelho estava em posse de uma pistola calibre 380, com numeração suprimida . Foto; Divulgação

As investigações da polícia civil revelaram que Valdenir Coelho Granja participou da explosão do Banco do Bradesco na cidade de Penalva, interior do Estado, ocorrido na madrugada do dia 8 de junho desse ano. Ocasião em que os criminosos destruíram a referida agência utilizando-se de artefatos explosivos. As investigações continuam com o intuito de identificar, localizar e prender os demais integrantes da associação criminosa.

Após os procedimentos legais, Valdenir Coelho Granja foi encaminhado para o Complexo Penitenciário, onde ficará à disposição do Poder Judiciário.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.