Crime

Dupla é presa após tentativa de latrocínio em Presidente Juscelino

O vigilante dos Correios da cidade foi baleado durante um confronto com os acusados.
Imirante.com22/07/2018 às 14h12
Dupla é presa após tentativa de latrocínio em Presidente JuscelinoFoto: Divulgação

MARANHÃO - O vigilante de uma agência dos Correios da cidade de Presidente Juscelino foi vítima de uma tentativa de latrocínio no sábado (21). Os acusados do crime foram capturados pela polícia e identificados como Pedro Humberto Coelho Barçante e Islan Eduardo Martins.

Segundo o delegado regional de Rosário, Murilo Pereira, o vigilante foi atacado pela dupla, levando um tiro na boca durante o confronto com os criminosos. Os dois acusados ainda roubaram a arma do segurança do local dentro da própria agência.

Islan Martins foi preso em uma ação policial que o encontrou em um matagal próximo a Presidente Juscelino, após ter passado toda a noite escondido. Já Pedro Humberto foi localizado após o seu comparsa entregar o lugar onde ele estava escondido, na capital maranhense. Os dois foram encaminhados para o Complexo Penitenciário São Luís, onde responderão por tentativa de latrocínio.

O que é latrocínio?

O latrocínio ocorre quando o sujeito mata a vítima para subtrair seus bens, havendo a previsão de uma pena de reclusão de 20 (vinte) a 30 (trinta) anos e multa. O latrocínio é um crime complexo, formado a partir da fusão de dois delitos, o roubo e o homicídio.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.