Maranhão

MA registra redução de 50% nos casos de dengue em 2014

Este ano foram registrados, entre janeiro e julho, 1.921 casos da doença.
As informações são da SES.31/07/2014 às 22h54

SÃO LUÍS - De acordo com último levantamento feito pela Vigilância Epidemiológica Estadual, o Maranhão teve este ano uma redução de 50% no número de casos confirmados da dengue. Os dados analisados correspondem a um levantamento feito nos últimos sete meses, e comparados ao mesmo período de 2013.

Segundo o levantamento, este ano foram registrados, entre janeiro e julho, 1.921 casos da doença, enquanto que no mesmo período em 2013 eram 3.842 casos confirmados de dengue. Na capital os índices também indicam uma redução de 32,9% no número total de casos, ou seja, em 2013 foram 821 registros da doença, número que este ano caiu para 551 casos em toda São Luis.

Outros pontos de comemoração segundo a superintendente de Epidemiologia e Controle de Doenças da Secretaria Estadual de Saúde (SES), Graça Lírio, é o decréscimo nos número de casos ocorre pelo terceiro ano consecutivo e o fato de que o Maranhão conseguiu isolar dois vírus (D1 e D4) de maior intensidade que estavam em circulação. O número de óbitos confirmados se manteve praticamente o mesmo: em 2013 foram 11 óbitos e agora em 2014, foram confirmados 10.

Para o secretário adjunto de Vigilância em Saúde, Alberto Carneiro, os resultados positivos partem de dois pontos importantes para controle do mosquito Aedes Aegypti, que inclui o trabalho de prevenção realizado em parceria com população e a pulverização espacial nas áreas infestadas. "A prevenção e combate aos focos criadouros do mosquito realizados pela secretaria e que conta com a colaboração da população, juntamente com a ação dos veículos que fazem a pulverização espacial em municípios que demonstram índices elevados de infestação predial pelo mosquito, tem surtidos efeitos positivos", atribuiu Alberto Carneiro.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.