Maranhão

Dia da Agricultura Familiar em Anajatuba reunirá cerca de 700 produtores

Secom/Governo do Estado 12/04/2010 às 02h04

Dia da Agricultura Familiar em Anajatuba reunirá cerca de 700 produtores

SÃO LUÍS - O município de Anajatuba será palco, nesta terça-feira (13), de um grande evento voltado para os produtores dos dez municípios que compõem o Território Rural do Vale do Itapecuru. A partir das 8h, vai ser iniciado o Dia da Agricultura Familiar, com uma vasta programação que inclui feira, atrações culturais, mini cursos, oficinas e palestras sobre os benefícios de programas como o Pronaf, Garantia Safra e o Programa de Aquisição de Alimentos.

O Dia da Agricultura Familiar, que prevê um público de cerca de 700 produtores, é realizado pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário, Banco do Nordeste, Instituto Nordeste Cidadania e Contag, com o apoio das prefeituras municipais, Fetaema, governo do Maranhão, Sagrima, Sedagro e Incra.

A abertura do evento ocorrerá no Clube do Bill, onde também vai ser montada uma feira para exposição e comercialização de produtos oriundos da agricultura familiar da região.

No período da tarde, os produtores participarão de várias atividades, dentre elas, palestras, liberação de parcelas do Pronaf, assinaturas de convênio, emissão de documentos e renegociações de dívidas.

Participarão do Dia da Agricultura Familiar os produtores de Anajatuba, Cantanhede, Itapecuru Mirim, Matões do Norte, Miranda do Norte, Nina Rodrigues, Pirapemas, Presidente Vargas, Santa Rita e Vargem Grande.

O superintendente estadual do Banco do Nordeste no Maranhão, Francisco José de Morais Alves, informou que estes eventos estão sendo realizados em toda a área de abrangência do Banco do Nordeste, ou seja, nos nove Estados da Região Nordeste e no norte de Minas Gerais e Espírito Santo. “Em 2006 aconteceram quatro encontros no Maranhão e este ano serão oito eventos”, acrescentou ele.

Resultados

Está previsto até o fim do mês de junho a realização do Dia da Agricultura Familiar em Bequimão, Coroatá, Pedreiras, Viana, Chapadinha, Barreirinhas e Zé Doca. De acordo com o superintendente do Banco do Nordeste, o crescimento no acesso ao crédito e a melhoria na metodologia dos resultados devem ser a tônica dos encontros. “Os eventos do Dia da Agricultura Familiar deste ano representam o fechamento de um ciclo de atuação conjunta que a atual administração do BNB empreendeu em parceria com os governos federal e estadual, os movimentos sociais e as entidades representativas das categorias de trabalhadores rurais de menor porte e por isso devem se revestir de maior organização e participação”, afirmou Francisco Alves.

Todos os municípios onde serão realizados o Dia da Agricultura Familiar no Maranhão foram escolhidos porque pertencem aos oito territórios reconhecidos pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário, que são os territórios rurais do Vale do Itapecuru, dos Campos e Lagos, do Baixo Parnaíba, Lençóis Maranhenses e Munim, Baixada Ocidental, Alto Turi e Gurupi, Médio Mearim e dos Cocais.

Com a criação dos territórios, o Ministério do Desenvolvimento Agrário trabalha com a estratégia de desenvolvimento sustentável, tendo como área de atuação o território rural e não o município isoladamente.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.