Prejuízos

Moradores da zona rural de João Lisboa estão há mais de 10 dias sem energia

Donos de mercearias e lanchonetes, por exemplo, amargam grandes prejuízos.
Imirante.com09/01/2020 às 09h56
Moradores da zona rural de João Lisboa estão há mais de 10 dias sem energiaGrandes prejuízos são sentidos na comunidade Pingo de Ouro. (Foto: Reprodução)

JOÃO LISBOA - A comunidade do povoado Pingo de Ouro, distante 68 km da sede de João Lisboa, reivindica urgentemente providências à concessionária de energia elétrica para normalizar o fornecimento na localidade.

“Até hoje nunca apareceu ninguém dessa empresa para resolver o problema”, disse uma moradora que alega ter feito várias tentativas junto à Equatorial (antiga Cemar) para solucionar o transtorno.

“É um absurdo essa empresa deixar dezenas de famílias sem energia elétrica por quase duas semanas”, disse outro morador. A reportagem aguarda posicionamento da Equatorial sobre a situação no povoado.

Donos de mercearias, lanchonetes e de tanques de resfriamentos de leite amargam, nestes 10 dias, grandes prejuízos financeiros na comunidade Pingo de Ouro.

Por meio de nota, a Equatorial Maranhão afirmou que equipes de plantão foram mobilizadas para resolver o problema.

Veja a nota na íntegra:

Sobre o fornecimento de energia elétrica para o Povoado Pingo de Ouro, no município de João Lisboa, a Equatorial Maranhão esclarece que equipes de plantão foram mobilizadas e trabalham intensamente desde o início da ocorrência a fim de restabelecer o fornecimento de energia elétrica para a região afetada, o que ainda não aconteceu por falta de acesso na região.
Vale destacar que a Equatorial Maranhão está interagindo com o poder público municipal para que os acessos ao povoado Pingo de Ouro sejam melhorados, uma vez que alguns trechos não permitem a passagem dos caminhões de manutenção.
Pelo tempo em espera, a empresa pede desculpas aos clientes afetados.
Esse é o compromisso da Equatorial Maranhão: oferecer uma energia cada vez melhor, tratando os clientes com transparência e responsabilidade.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.