Em Itapecuru

Homem é preso por suspeita de estupro qualificado

Marcelo dos Santos Vieira teria amarrado as mãos da vítima e coberto a sua boca com um pano, praticando a violência sexual, segundo informou a polícia.
Imirante.com, com informações da SSP-MA05/04/2019 às 13h58
Homem é preso por suspeita de estupro qualificado Marcelo dos Santos Vieira, 30 anos, pelo crime de estupro qualificado. ( Foto: Divulgação / Polícia Civil)

ITAPECURU-MIRIM - A Polícia Civil do Maranhão em operação coordenada pela delegada, Tainara Mendes Cunha, titular da Delegacia Especial da Mulher no município de Itapecuru-Mirim, interior do Estado, com apoio da Polícia Militar, prendeu Marcelo dos Santos Vieira, 30 anos, pelo crime de estupro qualificado.

Leia também:

Suspeito de estupro de vulnerável é preso em Vargem Grande

Suspeito de homicídio e estupro de vulnerável é preso em Barra do Corda

O fato aconteceu na manhã da última quarta-feira (3), quando uma jovem de 16 anos estava em sua casa sozinha e se deparou com Marcelo dos Santos Vieira já dentro de sua residência portando uma faca. Marcelo dos Santos Vieira teria amarrado as mãos da vítima e coberto a sua boca com um lençol, praticando a violência sexual, segundo informou a polícia.

Marcelo dos Santos Vieira ainda tentou fugir dos policiais civis se embrenhando por um terreno. A perseguição durou cerca de 8 horas, até que policiais da força-tática da Polícia Militar capturaram o suspeito.

Marcelo dos Santos Vieira será indiciado pelo crime de estupro qualificado, cuja pena é de reclusão de 8 a 12 anos, quando a vítima é menor de 18 anos e maior de 14 anos (Art. 213, parágrafo 1º do Código Penal Brasileiro). Em seguida ele será recambiado para o sistema prisional onde ficará à disposição da justiça.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.