Condenação

Acusados de matar prefeito Bertin são condenados a mais de 34 anos de prisão

José Evangelista, Benedito Serrão e Raimundo Salgado foram a julgamento na Câmara de Itapecuru-Mirim.
Imirante.com13/12/2018 às 08h42
Acusados de matar prefeito Bertin são condenados a mais de 34 anos de prisãoJosé Evangelista, Benedito Serrão e Raimundo Salgado, condenados pela morte de Bertin. (Foto: Reprodução/TV Mirante)

ITAPECURU-MIRIM - Os policiais militares acusados de assassinar o prefeito de Presidente Vargas, Raimundo Bartolomeu Santos Aguiar, o Bertin, foram condenados a mais de 34 anos de prisão.

Os réus José Evangelista Duarte Santos, Benedito Manoel Martins Serrão e Raimundo Nonato Gomes Salgado foram a julgamento e, nessa quarta-feria (12), veio a conclusão. Os três acusados foram considerados culpados por decisão dos jurados cidadãos do Conselho de Sentença, sendo todos condenados à mesma pena de 34 anos, quatro meses e 15 dias de reclusão, a ser cumprida em regime inicialmente fechado.

Há ainda, contra os réus, uma acusação de tentativa de homicídio contra Pedro Pereira de Albuquerque, conhecido como Pedro Pote. De acordo com a denúncia do Ministério Público (MP), os acusados praticaram o crime a mando de terceiros.

A sessão teve início na manhã da última segunda-feira (10), na Câmara Municipal de Itapecuru-Mirim, sendo presidida pela juíza titular da 2ª Vara da comarca, Mirella Cezar Freitas. Durante os três dias, os jurados ouviram 20 depoimentos, sendo 17 entre testemunhas de acusação e defesa, e os três acusados.

A sentença deixou de decretar a perda do cargo público dos réus José Evangelista Duarte Sousa, Benedito Manoel Martins Serrão e Raimundo Nonato Gomes Salgado, pois a medida de cassação da aposentadoria deve dar-se na órbita administrativa, não sendo atribuição do juiz criminal.

Crime

Por volta das 22h45 do dia 6 de março de 2007, no povoado Cigana, zona rural de Itapecuru-Mirim, Bertin e Pedro Pote, que estavam em um veículo S-10 de placas HPI-4779, foram parados por outro carro, no qual estavam os criminosos.

Os criminosos trancaram a caminhonete que era conduzida por Bertin, obrigando-o a parar. Em seguida, eles mataram o prefeito com um tiro na cabeça e ainda travaram uma luta corporal com Pedro Pote, que foi esfaqueado no abdômen e na cabeça. As informações constam no inquérito policial e na denúncia do MP-MA.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.