Polícia

Seis pessoas são presas por tráfico de drogas em Itapecuru

Com eles, foram encontradas 185 pedras de crack e objetos roubados.
Imirante15/09/2013 às 18h01

ITAPECURU - Na manhã deste domingo (15), seis pessoas foram presas no município de Itapecuru-Mirim (MA). Com elas, encontrados objetos furtados, armas, munição, e uma grande quantidade de drogas e dinheiro.

O primeiro conduzido, Antonio Marcos Santos, de 25 anos, conhecido como “Marquinhos”, foi preso em flagrante após furtar quatro aparelhos celulares, cordões e pulseiras da residência de um policial militar. Três aparelhos celulares e uma pulseira chegaram a ser recuperados.

Já o segundo conduzido, Carlos Henrique, de 24 anos, foi encontrado portando um dos celulares que haviam sido furtados. Em sua residência, foram encontradas duas espingardas, um revólver calibre 32 com seis munições intactas e uma deflagrada, 19 frascos com pólvora, 19 cartuchos de munição calibre 32.

Carlos Alexandre Garcia, de 26 anos, também conhecido como "Branquinho", juntamente com sua companheira, Daniele Silva, de 18 anos, e seu irmão Antonio José Garcia , de 28 anos, foram encontrados com um dos cordões furtados e um revólver calibre 38 com quatro munições intactas, além de 185 pedras de crack e R$ 7.585, provenientes da venda dos entorpecentes, que foram jogadas no vaso sanitário quando a polícia chegou ao local, que era utilizado como boca de fumo.

Já Marcelo Sousa, de 26 anos, foi preso com um dos cordões furtados. Até a última quinta-feira (12), ele estava preso na Delegacia Regional de Itapecuru-Mirim. Além de Marcelo, a maioria dos conduzidos já havia sido presa. “Branquinho” ainda chegou a oferecer dinheiro à guarnição de serviço para que não fosse preso.
Os crimes do grupo já vinham sendo investigados pela Polícia Militar há meses. Eles foram autuados em flagrante por furto, receptação, corrupção ativa, tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.