Violência

Cem pessoas já foram assassinadas este ano em Imperatriz

Maioria dos crimes têm as mesmas características, segundo a Polícia Civil.
Imriante.com / Imperatriz04/11/2020 às 14h35
Cem pessoas já foram assassinadas este ano em ImperatrizSomente nos quatro primeiros dias do mês de novembro, três pessoas foram assassinadas na cidade. (Foto: divulgação)

IMPERATRIZ – De acordo com os números da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), 100 pessoas foram assassinadas de janeiro até essa terça-feira (3), por arma branca ou disparo de arma de fogo em Imperatriz.

O mês de outubro foi o mais violento com sete homicídios. Somente nos quatro primeiros dias de novembro, três pessoas já foram assassinadas. O número de mortes violentas já se aproxima dos números registrados no ano passado, quando foram contabilizados 111 homicídios.

“Ainda temos dois meses para finalizar o ano e fazermos uma avaliação final, mas a tendência é de equilíbrio com os números de 2019”, avalia o delegado Praxísteles Martins da DHPP.

A maioria dos crimes têm as mesmas características, motivados por acerto de contas. “São casos que nós combatemos há alguns anos. A gente prima por identificar crimes que tenha essa relação com rivalidade entre facções porque são crimes que acontecem com frequência e muitas vezes quando se chega a autoria a gente consegue diminuir os índices de homicídios”, afirma o delegado.

A última morte violente foi de um jovem, identificado apenas pelo nome de Mirael, que estava desaparecido desde domingo (1º), e teve o corpo localizado na madrugada desta quarta-feira (4). Ele foi encontrado morto e decapitado, no Rio Tocantins. Além de decapitado, no corpo a perícia enumerou dezenas de ferimentos de faca. A cabeça não foi localizada.

O crime está sendo investigado pela Polícia Civil. Por enquanto, a autoria e motivação ainda são desconhecidas pela polícia. Mas já foi apurado que a vítima tinha envolvimento com o mundo do crime, e uma da hipóteses é crime por acerto de contas.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.