Investigação

Morte de jovem em Imperatriz pode ter motivação passional

Fernando Cavalcante foi assassinado com cerca de três tiros na cabeça.
Angra Nascimento/Imirante Imperatriz02/04/2020 às 14h33
Morte de jovem em Imperatriz pode ter motivação passionalFernando Cavalcante foi assassinado a tiros por volta das 19h de ontem, quando estava sentado dentro de um bar no bairro Bacuri. (Foto: Divulgação)

IMPERATRIZ – O assassinato do jovem Fernando Cavalcante, 25 anos, conhecido por “Gueto”, ocorrido na noite dessa quarta-feira (1º), em Imperatriz, pode ter motivação passional. É o que apontam os primeiros levantamentos da Polícia Civil.

Relembre o caso: Registrado primeiro homicídio de abril em Imperatriz

De acordo com a polícia, Fernando Cavalcante foi assassinado a tiros por volta das 19h de ontem, quando estava sentado dentro de um bar no bairro Bacuri. Imagens de câmeras de monitoramento mostram que o assassino tinha passado duas vezes na rua, na terceira vez ele parou moto em frente ao bar onde estava a vítima.

As imagens mostram que o suspeito desceu da moto, entrou no estabelecimento e efetuou cerca de três disparos contra a vítima. Os tiros atingiram a cabeça de Fernando, que morreu no local. Após cometer o crime, o assassino montou na moto e fugiu com a ajuda de um cúmplice.

Agora, a Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) trabalha para identificar e prender o suspeito. O assassinato de Fernando, no bairro Bacuri, foi o primeiro do mês de abril, no mês de março aconteceram 12 homicídios.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.