Balanço

Em Imperatriz, 21% dos óbitos no Socorrão são vítimas de acidentes ou homicídio

Percentual corresponde ao balanço do mês de fevereiro; quase 5 mil pacientes foram atendidos.
Imirante.com, com informações da Assessoria03/03/2020 às 22h51
Em Imperatriz, 21% dos óbitos no Socorrão são vítimas de acidentes ou homicídioHospital Municipal de Imperatriz, o Socorrão. (Divulgação)

IMPERATRIZ - No mês de fevereiro, historicamente de grande movimentação nos hospitais por causa do Carnaval e do fluxo maior nas estradas, o Hospital Municipal de Imperatriz recebeu 4.894 pacientes, sendo que 40% vieram de outros municípios.

Foram registrados 103 óbitos. Desse número, 25% da vítimas estavam acima dos 80 anos, morreram de causas naturais; 33% chegaram em estado terminal, alguns já até em óbito; e 21% eram vítimas de acidentes ou de ferimentos a bala ou a faca, os demais em decorrência de AVC’s, cardiopatias e outras complicações como o diabetes.

O dia mais agitado do mês foi o dia 27, a última quinta-feira de fevereiro, um dia depois do encerramento do carnaval, com 222 entradas no pronto socorro. No dia 17, as sete salas cirúrgicas do Socorrão foram ocupadas 31 vezes.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.