Em Imperatriz

Bando é preso por tráfico de drogas e formação de quadrilha

Ao todo, sete pessoas foram presas em flagrante em um local que funcionada como ponto de venda de drogas.
Imirante Imperatriz29/11/2019 às 14h13
Bando é preso por tráfico de drogas e formação de quadrilhaOs suspeitos foram encaminhados à Delegacia Regional de Polícia Civil para que fossem realizados os procedimentos legais. (Arte: Imirante.com)

IMPERATRIZ – Uma operação da Polícia Militar, realizada por policiais do 14ª BPM, resultou na prisão de sete pessoas suspeitas de envolvimento com o tráfico de drogas nessa quinta-feira (28), em Imperatriz. Além das prisões, a PM apreendeu droga, dinheiro e celulares.

Os presos foram identificados como: Tiago Leal Silva, Fernanda Kelly Bonfim Silva, Erivam de Sousa, José Nazaré Ferreira da Silva, Joaquim da Cruz Silva, David Cleife da Silva, tido como desaparecido no sistema de informações de segurança, e Leonardo Almeida Ramos, com mandado de prisão em seu desfavor em aberto.

As prisões ocorreram após a obtenção de informações apontando a existência de uma “boca de fumo” situada no bairro Vila Parati, periferia de Imperatriz. De posse das informações, a PM montou uma operação envolvendo equipes da Força Tática, Serviço de Inteligência, e Rádio Patrulha, que fizeram várias incursões e levantamentos naquela região, em ações de combate ao tráfico de entorpecentes.

Os seis homens, juntamente com uma mulher, foram encontrados em uma residência. No local, a polícia encontrou três tipos de drogas, embaladas e prontas para venda.

Ao todo foram apreendidos 15 sachês com substância análoga a cocaína,19 trouxas de crack, 17 trouxas de maconha, três porções maiores de maconha, duas porções maiores de crack, além de sete aparelho celulares, uma balança de precisão, a quantia de R$ 814 em espécie, relógios e documentos.

Os suspeitos foram encaminhados à Delegacia Regional de Polícia Civil para que fossem realizados os procedimentos legais. O bando foi indiciado por formação de quadrilha e tráfico de drogas, e agora, encontra-se à disposição da Justiça.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.