Morte

Bebê indígena venezuelano morre de pneumonia em Imperatriz

Esta é a segunda criança venezuelana que morre com os mesmos sintomas em menos de 10 dias.
Imirante.com Imperatriz23/11/2019 às 11h35

IMPERATRIZ – Um bebê filho de índios da Venezuela que estão refugiados em Imperatriz, morreu na madrugada dessa sexta-feira (22), vítima de pneumonia. A criança de apenas três meses de vida foi diagnosticada com pneumonia logo que deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Apesar de ter sido medicada, não resistiu e veio a óbito. Esta é a segunda criança filha de venezuelanos que morre com os mesmos sintomas em menos de 10 dias, em Imperatriz.

De acordo com a Fundação Nacional do Índio (Funai), o corpo e um laudo, atestando a causa da morte ainda não foram liberados porque a criança não tem nenhuma documentação.

Os pais dela chegaram ao Brasil há cerca de quatro meses, fugindo da crise no país vizinho, e tiveram a filha em Belém do Pará. Poucos dias depois, vieram para Imperatriz, onde estão abrigados de forma precária na sede da Funai, juntamente com mais 56 índios venezuelanos.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.