Caso Ivanildo Paiva

Suspeitos da morte do prefeito Ivanildo Paiva são pronunciados a Júri Popular

A data do julgamento ainda não foi definida pela Justiça.
Imirante.com11/11/2019 às 10h33

IMPERATRIZ – A Justiça apresentou pronúncia aos cinco suspeitos de envolvimento no assassinato do prefeito de Davinópolis, Ivanildo Paiva Barbosa. Diante disso, o vice-prefeito, José Rubem Firmo, e os demais envolvidos devem ir a júri popular em data a ser definida.

O vice-prefeito, José Rubem Firmo, é um dos acusados do assassinato. Foto: Reprodução.

A decisão da sentença de pronúncia em desfavor dos acusados partiu do juiz da 2ª Vara Criminal da Comarca de Imperatriz, Marcos Antonio Oliveira, em acatamento à denúncia do Ministério Público. Na ocasião, o magistrado manteve as prisões preventivas dos cinco.

Além de Rubem Firmo, que é apontado pela polícia como sendo o mandante do crime, foram pronunciados, ainda, o empresário Antonio José Messias; os policiais Francisco de Assis Bezerra Soares e Willame Nascimento da Silva, e o mecânico José Denilton Feitosa Guimarães.

O então prefeito de Davinópolis, Ivanildo Paiva, foi encontrado morto no dia 11 de novembro de 2018, a cerca de 2 km da sede de sua fazenda, numa área de eucalipto na zona rural de Davinópolis. Ele foi assassinado a tiros, em crime que teve grande repercussão.

Ivanildo Paiva foi encontrado morto no dia 11 de novembro de 2018. Foto: Reprodução.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.