Duplo homicídio

Homem que foi preso por engano é colocado em liberdade

Raimundo da Silva Sousa ficou 10 meses preso até a prisão e confissão do verdadeiro assassino.
Imirante Imperatriz 08/10/2019 às 14h42
Raimundo da Silva Sousa ficou 10 meses preso. (Foto: Reprodução)

IMPERATRIZ – Após passar 10 meses preso injustamente, Raimundo da Silva Sousa, foi colocado em liberdade. Ele foi acusado de duplo homicídio, que teve como vítimas Gabriel, de 18 anos, e Emanoel, de 47 anos, que era travesti e tinha como nome social Valquíria.

Raimundo só conseguiu a liberdade após a prisão do verdadeiro assassino, um homem identificado como Ronaldo Pires dos Reis, preso em Bom Jesus das Selvas, no dia 12 de setembro deste ano. Após a prisão, Ronaldo confessou o crime, inocentando Raimundo.

Ronaldo Pires dos Reis confessou o crime. (Foto: Divulgação)

O duplo homicídio foi praticado na residência de Raimundo, no Parque das Estrelas, em Imperatriz. Ele alega que, no dia do crime, estava na cidade de João Lisboa, mas acabou sendo preso logo em seguida, ficando 10 meses preso.

Relembre: Homem confessa ter matado travesti para não ter relações sexuais com a vítima

As vítimas Gabriel e Emanoel. (Foto: Reprodução)

O verdadeiro assassino, ao ser preso, confessou ter matado as duas vítimas. No seu interrogatório, ele afirmou que estava em uma residência bebendo com outras pessoas, sendo que estas foram embora e ficaram apenas o preso e as vítimas.

O homem relatou que todos estavam embriagados e que Gabriel resolveu dormir, tendo ficado acordado apenas ele (Ronaldo) e Emanoel. Ainda de acordo com ele, Emanoel era homossexual e queria ter relações com ele, momento em que Ronaldo decidiu tirar a vida de Emanoel com golpes de martelo.

Por fim, Ronaldo relatou que após matar Emanoel, resolveu matar Gabriel, que se encontrava dormindo, para não deixar testemunhas acerca dos fatos. Desde a prisão Ronaldo Pires dos Reis encontra-se à disposição da Justiça.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.