Homicídio

Presos acusados de matarem jovem a facadas em Imperatriz

Edson Santos Reis foi assassinado no dia 22 de junho de 2019, tendo a orelha cortada e o pescoço quase decepado.
Imirante.com04/09/2019 às 14h20

IMPERATRIZ – Nesta quarta-feira (4), a Polícia Civil do Maranhão, em ação conjunta da Delegacia de Homicídios de Imperatriz (DHPP) e a Delegacia Regional em Imperatriz, deu cumprimento aos mandados de prisão preventiva em desfavor de dois acusados de homicídio.

Os presos foram identificados como: Marcos Vinícius Pereira Lisboa, conhecido como "X", e Joanderson dos Santos Silva, conhecido como "Jojô". A dupla é acusada de ter assassinado Edson Santos Reis, no dia 26 de junho de 2019, no bairro Vilinha, em Imperatriz.

Joanderson dos Santos Silva e Marcos Vinícius Pereira Lisboa. / Foto: Divulgação.

Saiba mais: Corpo é encontrado com orelha cortada, em Imperatriz

Além da pisão da dupla, a polícia apreendeu dois adolescentes, também apontados como envolvidos no crime.

Os acusados foram detidos e encaminhados para custódia na Unidade Prisional de Imperatriz, à exceção dos adolescentes que foram encaminhados à Funac, onde aguardarão deliberações judiciais.

Entenda o caso

O corpo de Edson Santos Reis foi descoberto na área do aeroporto de Imperatriz, região da Vilinha, próximo a um campo de futebol. / Foto: Divulgação.

O corpo de Edson Santos Reis, 22 anos, foi encontrado por populares no dia 26 de junho, em avançado estado de putrefação. O corpo foi descoberto na área do aeroporto de Imperatriz, região da Vilinha, próximo a um campo de futebol. Edson Santos estava com a orelha cortada e, segundo a polícia, ele foi morto a facadas. Além da orelha ter sido cortada, os assassinos ainda tentaram degolar o jovem.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.