Homicídios

Polícia investiga assassinatos de três homens em Imperatriz

Cinco pessoas foram conduzidas para a delegacia suspeitas de envolvimento nos assassinatos.
Imirante.com04/09/2019 às 10h56

IMPERATRIZ – A Polícia Civil já está investigando as mortes de três homens ocorridas nessa terça-feira (3), em Imperatriz. De acordo com o delegado regional, Ederson Martins, os primeiros levantamos começaram a ser feitos no sentido de esclarecer os assassinatos e linhas de investigação foram traçadas.

“Estamos trabalhando para identificar os indivíduos que cometeram esses homicídios. As primeiras informações apontam que uma das vítimas não teria passagem pela polícia, as outras duas teriam envolvimento criminal. Essa que não tem envolvimento com o crime, a hipótese é que tenha sido crime passional. Os outros dois, a gente tem a tese de que seja guerra de facção”, afirmou o delegado.

Os homicídios aconteceram em bairros diferentes de Imperatriz. A primeira vítima foi um homem identificado como Walisson Lima, mas conhecido como Leitão, morto a golpes de faca, e seu corpo deixado em cima de uma cama em sua residência. O crime aconteceu no Parque Amazonas, por volta do meio-dia dessa terça-feira.

O segundo caso teve como vítima um homem, identificado como Antônio Ricardo Rodrigues, alvejado com vários tiros na cabeça, ontem à noite, no Jardim São Luís. Ele estava em uma moto com a esposa grávida na garupa, quando foi surpreendido por dois homens em uma moto. Os criminosos mandaram a mulher descer e atiram contra Antônio Ricardo, que morreu no local.

Já o terceiro homicídio aconteceu na Praça Ferro de Engomar, Vila Nova. A vítima foi Carlos Eduardo, alvejado com vários tiros, também ontem à noite. Ele ainda chegou a ser socorrido, mas morreu ao dá entrada no Hospital Municipal de Imperatriz, HMI, o Socorrão.

Suspeitos são presos e apreendidos

Na madrugada desta quarta-feira (4), a Polícia Civil cumpriu cinco mandados de prisões e apreensões contra suspeitos de envolvimentos nas mortes ocorrida nessa terça-feira. A polícia não descarta a possibilidade de alguma delas está envolvida nos assassinatos.

Dois homens ficaram presos e dois adolescentes apreendidos. Eles são suspeitos de envolvimento em outros crimes, que ocorreram em Imperatriz. As prisões e apreensões foram efetivadas no bairro Vilinha. Na casa onde os suspeitos estavam, as paredes foram pichadas, fazendo alusão aos crimes.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.