Eleições

TRE-MA intensifica ações de biometria na Região Tocantina

As ações de recadastramento eleitoral biométrico estão sendo feitas em nove cidades.
Imirante Imperatriz02/07/2019 às 10h35
TRE-MA intensifica ações de biometria na Região Tocantina O recadastramento biométrico visa evitar fraudes nas eleições. (Foto: divulgação)

IMPERATRIZ – O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) deu início, este mês, as ações de revisão biométrica em nove cidades da Região Tocantina. Nesta terça-feira (2), odesembargador Cleones Cunha, se reuniu com juízes eleitorais, prefeitos e chefes de cartório das cidades de São João do Paraíso, Buritirana, Senador La Rocque, Davinópolis, Vila Nova dos Martírios, São Pedro da Água Branca, Bom Jesus das Selvas, Cidelândia, e São Francisco do Brejão, para tratar sobre o início do recadastramento biométrico obrigatório dos eleitores.

“O objetivo da reunião é discutir a realização das revisões biométricas”, reforça o desembargador Cleones Cunha, lembrando que faltam, ainda, algo em torno de 60 municípios fazerem a biometria. “Vamos focar em ações até dezembro de 2019 para que em 2020 nenhum eleitor esteja sem ser biometrizado”.

A reunião serviu, ainda, para assinatura de termos de cooperação entre o TRE-MA e as Prefeituras para viabilidade do recadastramento obrigatório, como cessão de servidores, de espaço, de link de internet e de limpeza do local escolhido.

Até dezembro de 2019, o TER-MA pretende recadastrar os cerca de 1 milhão de eleitores que faltam para que todo o Maranhão vote em 2020 com a biometria como sistema de identificação do eleitor. O recadastramento biométrico visa evitar fraudes nas eleições.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.