Prisão

Vereadora de Imperatriz é presa suspeita de receptação

Terezinha de Oliveira Santos foi presa em flagrante delito por estar com um aparelho de celular roubado.
Imirante.com05/06/2019 às 09h36
Vereadora de Imperatriz é presa suspeita de receptaçãoFoto: Reprodução

IMPERATRIZ - A vereadora Terezinha de Oliveira Santos foi presa nessa terça-feira (4), em Imperatriz, pela Polícia Civil, suspeita do crime de receptação. A prisão foi em flagrante delito por ela estar com um aparelho de celular que havia sido roubado por uma dupla no dia 27 de março.

De acordo com a Polícia Civil, a parlamentar pagou uma fiança de 2.000 e vai responder pelo crime de receptação, que é a compra ou venda de produto oriundo de roubo. A pena para este tipo de crime é de um a quatro anos de prisão e multa.

Ela vai responder ao inquérito policial em liberdade.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.