Após temporais

Mais de duas mil famílias foram atingidas pelas chuvas em Imperatriz

Outras 400 estão desabrigadas, vítimas da enchente, uma das maiores dos últimos 10 anos.
Angra Nascimento / Imirante.com Imperatriz06/04/2019 às 09h16
Mais de duas mil famílias foram atingidas pelas chuvas em ImperatrizCidade está em estado de calamidade pública. (Foto: divulgação)

IMPERATRIZ - De acordo com a Defesa Civil 2.500 mil pessoas foram atingidas pelas chuvas dessa sexta-feira (5) e 400 estão desabrigadas. As famílias afetadas estão sendo assistidas pela Prefeitura de Imperatriz. Muitas foram levadas para a casa de familiares, e outras abrigadas em escolas, ginásios poliesportivos e igrejas.

Saiba mais:

Prefeito de Imperatriz decreta estado de emergência na cidade

Imperatriz entra em estado de calamidade pública​

As regiões mais afetadas pelo temporal foram os bairros Parque Alvorada I e II, Vila Redenção I e II, Vila Nova, Morada do Sol, Vila Cafeteira, Mutirão e Santa Rita. Na região do Parque Alvorada, por exemplo, as casa ficaram submersas e as famílias perderam tudo.

Um comerciante, dono do principal supermercado do bairro não conseguiu salvar nada. Estarrecido, ele viu toda sua mercadoria descer por água abaixo. Uma moradora, por pouco não morreu, sendo resgatada por cordas, através do Corpo de Bombeiros, somente com a roupa do corpo.

O cenário, após o desastre, é de destruição e desolamento total. “Nós pedimos o apoio de todos os imperatrizenses a ajudar essas famílias que estão desabrigadas, pois todos nós somos Defesa Civil levando alimentos, roupas, agasalhos, colchões e água potável”, disse o superintendente da Defesa Civil, Josiano Galvão.

Diante do caos, o prefeito Assis Ramos não teve alternativa, a não ser decretar situação de calamidade pública, solicitando o apoio dos governos do Estado e Federal; do Exército Brasileiro; do Corpo de Bombeiros, e demais órgãos para remover às famílias atingidas.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.