Fraudes

PM desarticula venda de celulares com cartões clonados

O gerente da loja, localizada em um shopping, estava envolvido no esquema.
Imirante Imperatriz 02/02/2019 às 15h48
Foram detidos: Luiz Carlos Sousa Costa, Francisco Irenanso Luciano Teixeira e uma adolescente de 17 anos. / Foto: Divulgação.

IMPERATRIZ - Após alguns dias de levantamento feito pelo serviço de inteligência do 3° Batalhão, a Polícia Militar fez a desarticulação da venda de celulares de forma fraudulenta, com a utilização de cartões clonados.

Leia também: Casal é detido após confeccionar drogas para comercializar no pré-carnaval

A ação criminosa acontecia em uma loja de celulares localizada em um shopping center de Imperatriz, com a participação direta do gerente de nome Luiz Carlos Sousa Costa e ainda Francisco Irenanso Luciano Teixeira e uma jovem de 17 anos.

Material apreendido. / Foto: divulgação.

No esquema eles já teriam desviado pela compra fraudulenta 35 celulares de diversas marcas e 94 carregadores, além de vasta documentação inerente ao crime. Os quatro foram conduzidos, pagaram fiança e foram liberados.

O indivíduo de nome Luis Carlos após ser interpelado pela equipe de Inteligência resolveu confessar como funcionava o esquema de meios fraudulentos e apontou que além dele diversas pessoas se beneficiavam com essa modalidade de crime.

Diante de toda essa situação todos os envolvidos foram conduzidos até a presença da autoridade da polícia judiciária com o propósito de que as medidas necessárias fossem adotadas na forma da lei.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.