Gov. Edison Lobão

Trabalhadores de Gov. Edison Lobão recorrem ao transporte alternativo para seguir viagem

A empresa que faz o transporte coletivo na linha intermunicipal tem, apenas, dois carros que estão operando.
Angra Nascimento / Imirante Imperatriz28/05/2018 às 12h39
Trabalhadores de Gov. Edison Lobão recorrem ao transporte alternativo para seguir viagemFoto: Divulgação

GOVERNADOR EDISON LOBÃO - Com cerca de 80% da frota de ônibus, a única empresa que faz o transporte coletivo na linha intermunicipal Governador Edison Lobão a Imperatriz alegou falta de combustível e, apenas, dois carros estão operando na linha desde a semana passada, quando começou a paralisação dos caminhoneiros.

Leia também:

Petrobras reduz preço da gasolina em 2,8%

Advogado dos caminhoneiros autônomos fala sobre paralisação

Veja o resumo da greve geral dos caminhoneiros no Maranhão

Trabalhadores que dependem de transporte público para ir ao trabalho ou fazer compras em cidades da região, nesse período de greve, contam somente com o transporte alternativo. Apesar do anúncio de falta de combustível em alguns postos, o serviço mantém 100% da frota operando.

A falta de combustível afetou a maioria dos postos da região Tocantina. Cidades como Imperatriz, Governador Edison Lobão, Ribamar Fiquene, Campestre e outras estão sem o produto para vender.

O gerente de um posto de venda de combustíveis localizado na BR-010, km 225 em Governador Edison Lobão, onde a gasolina acabou na sexta-feira (26), apesar das possibilidades de trazer o combustível para reabastecer os tanques, não há previsão de ter gasolina disponível nas bombas para hoje.

O caminhão que faz esse transporte segue estacionado no pátio do posto, e mesmo se for à distribuidora mais próxima que fica em Açailândia, a 100 km de distancia, só chegaria com o produto na terça-feira (29), devido à fila de caminhões no local a espera para carregar.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.