Cime

Polícia apreende arma que teria sido usada em latrocínio de taxista

Um casal que estava de posse da arma também foi preso.
Imirante.com / Imperatriz09/03/2018 às 11h54
Polícia apreende arma que teria sido usada em latrocínio de taxistaFrancisco Carlos e Fernanda Alves Sousa foram levados para a na Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz e Presídio de Davinópolis, respectivamente. (Foto: divulgação)

IMPERATRIZ – Nessa quinta-feira (8), a Polícia Civil, em ação conjunta das Delegacias de Homicídios e de Repressão ao Narcotráfico de Imperatriz/MA (SENARC e SHPP), deu cumprimento a Mandado de Busca e Apreensão na residência de Francisco Carlos Santos Sousa, conhecido como Carlin.

LEIA TAMBÉM:

Suspeito de assassinar taxista é acusado de mais quatro homicídios

Preso em Governador Edison Lobão suspeito de matar taxista em Imperatriz​

Taxista é executado a tiros na porta de casa, em Imperatriz ​

No decorrer das buscas, foi encontrada a arma, que teria sido usada no latrocínio (roubo seguido de morte), do taxista João Machado Aguiar, um revólver calibre 38, municiado com a numeração suprimida, 11 projéteis excedentes do mesmo calibre e o montante de R$ 1889,50.

Além disso, no local, a polícia apreendeu, ainda, uma grande quantidade de drogas, como maconha e crack. Diante das circunstâncias, Francisco Carlos e sua esposa Fernanda Alves Sousa, foram presos em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e posse de arma de fogo com numeração suprimida.

Após a prisão, o casal confessou a autorias dos crimes, sendo que Carlin ainda confessou que a arma de fogo utilizada no latrocínio era de sua propriedade, tendo sido emprestada a Adriano, que se encontra preso. Disse ainda, que após o crime, a arma de fogo não lhe foi restituída, afirmando que a arma que restou apreendida não é a mesma utilizada em dita ação criminosa.

Francisco Carlos e Fernanda Alves Sousa foram levados para a na Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz e Presídio de Davinópolis, respectivamente. O casal encontra-se à disposição da Justiça.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.