Preços

Gás de cozinha deve baixar preço em 5%, em Imperatriz

A notificação visa descobrir se há prática abusiva do preço do gás na cidade.
Angra Nascimento / Imirante Imperatriz30/01/2018 às 12h54
Gás de cozinha deve baixar preço em 5%, em Imperatriz

IMPERATRIZ - O Procon Municipal está notificando os postos de revenda de botijões de Gás Liquefeito de Petróleo, GLP, mais conhecido como gás de cozinha de 13 kg, em Imperatriz, a reduzirem o preço do produto em 5% em relação ao valor praticado. Após notificação, responsável pelo estabelecimento comercial tem prazo de 10 dias para comprovar a redução do preço perante órgão fiscalizador, sob pena de ser alvo de medidas administrativas e civis, além do crime de desobediência.

Desde o dia 24 de janeiro os fiscais do Procon estão visitando as revendedoras de GLP, para fazer a notificação em cumprimento a medida do Governo Federal do dia 18 de janeiro deste ano, que determina revisão da política de preços do GLP de uso residencial, comercializado em botijões de 13 kg. Também determina novo critério para a aplicação de reajustes, resultando na regra de transição para o ano de 2018, que reduziu o preço do GLP em 5% a partir do dia 19 de janeiro passado.

A meta do Procon é notificar uma média de 140 estabelecimentos comerciais, que revendem GLP em Imperatriz, mas esse número pode sofrer alteração, pois há casos em empresas que foram encontradas fechadas.

A notificação visa descobrir se há prática abusiva. Caso seja comprovado que o valor é exorbitante, será lavrado um auto de infração que vai resultar em aplicação de multa e até o fechamento do estabelecimento comercial.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.