Prisão

Jovem é preso ao tentar fazer prova para amigo em vestibular

Gilclecio Farias Luz foi preso nesse domingo por uso de documento falso e estelionato.
Imirante Imperatriz26/06/2017 às 08h06

IMPERATRIZ – Gilclecio Farias Luz foi preso nesse domingo (25), em Imperatriz, pelo crime de falsidade ideológica. É que ele tentou o fraudar vestibular para o curso de medicina, de uma universidade particular, no lugar de um amigo, chamado Tiago da Conceição Aquino.

A prisão foi efetivada após o jovem ter se recusado a colocar o dedo no aparelho de identificação digital. A atitude chamou a atenção de uma equipe da Polícia Civil, que estava no local do certame. Após consultas, foi constatado a falsidade ideológica, sendo que a foto era de outra pessoa.

Em interrogatório da polícia, Gilclecio Farias confessou que havia sido contratado por Tiago, para fazer a prova em seu lugar. Diante dos fatos, jovem foi conduzido para o Plantão Central da Polícia Civil, onde ficará à disposição da Justiça. Ele deve responder pelos crimes de falsificação de documento e tentativa de estelionato.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.