Investigação

Quadrilha presa com arsenal em Imperatriz planejava assaltar banco na região

Duas mulheres são esposas de presos em Pedrinhas por roubo.
Imirante Imperatriz03/02/2017 às 16h09

IMPERATRIZ – A quadrilha formada por seis pessoas, que foi presa na manhã desta sexta-feira (3), no bairro Santa Rita, em Imperatriz, com vasto armamento é do Estado do Tocantins, e planejava assaltar uma agência bancária da Região Tocantina. A polícia não informou qual seria o alvo, e a ficha detalhada dos presos.

O comandante do 3º Batalhão da Polícia Militar, o tenente-coronel Ilmar Lima disse, no início da tarde, que as pessoas presas integram uma quadrilha especializada em assaltos a banco e explosões de caixas eletrônicos.

Os levantamentos iniciais, ainda, segundo informou o oficial, é de que a ação tem ramificação com presos da penitenciária de Pedrinhas, em São Luís.

“(...) São elementos que planejavam assalto a banco aqui na região, inclusive duas dessas conduzidas aí são esposas de elementos que estão presos na penitenciária de Pedrinhas, que, também, são envolvidos em assaltos a banco”, disse o comandante do 3º BPM, em outra entrevista à TV Mirante.

No levantamento sobre os presos, a novidade é que Miguel Antonio Soares já foi preso por várias vezes no Estado do Tocantins, por crime de assalto a banco.

Os presos

Na ação policial, que contou com policiais de uma patrulha, e , ainda, da unidade especial Força Tática, foram presos Miguel Antônio Soares, 41 anos, Rainerio Nascimento, 33 anos,Robson Pio Rodrigues, 29 anos, Márcia Matos Silva, 35 anos, Daniele Carvalho Silva, 25 anos, e Angélica Soares dos Santos, de 31 anos.

Segundo a PM, o grupo estava homiziado na Rua 17, s/nº. no bairro Parque São José, na região do Grande Santa Rita. A prisão se deu após “denúncia” anônima à Central de Operações da PM.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2018 - Todos os direitos reservados.