Reação Social

Movimentos sociais anunciam, ato público contra o estupro em Imperatriz

O ato público convocado pelas redes sociais é para esta quarta em Imperatriz.
Imirante Imperatriz31/01/2017 às 16h02

IMPERATRIZ – Representantes de entidades de direitos humanos e contra a violência a mulher estão convidando a população, por meio das redes sociais, para um ato contra a cultura do estupro em Imperatriz. Entre as entidades participantes está a Articulação Feminista de Imperatriz (Afim) que emitiu uma nota sobre o caso de estupro contra uma mulher no fim de semana.

Conforme a programação divulgada numa rede social, o ato está marcado para às 18h desta quarta-feira (1º), na rua Rui Barbosa, em frente ao Fórum Ministro Henrique de La Rocque Almeida, Centro.

O movimento, também, vem divulgando a hastag com a qual esperam levar, o mais longe possível, a mensagem contra o estupro: #aculpanuncaédavítima .

Leia, também:

Movimento feminista emite nota sobre o caso de estupro do fim de semana

Movimento femninista realiza ato público em Imperatriz contra a "cultura do estupro"

Em contato com a reportagem, a representante, e uma das principais ativistas do movimento feminista do Estado, Conceição Amorim disse que “O crime hediondo de estupro não pode ser, e não será tratado em nossa cidade como um crime qualquer. Não vamos nos calar diante de tanta negligência, preconceito, machismo e misoginia dos órgãos públicos que pagamos para manter a "ordem e a justiça para todas e todos"”.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.