Câmara de Vereadores

Câmara aprova nomeação de Chiquinho França para presidente da Fundação Cultural

Foram 19 votos a favor, um contra e uma abstenção.
João Rodrigues/ Imirante Imperatriz04/01/2017 às 16h02

IMPERATRIZ – A Câmara de Vereadores aprovou, após sabatina, o nome do multi-instrumentista Chiquinho França para o cargo de presidente da Fundação Cultural de Imperatriz (FCI). A sessão extraordinária da sabatina foi realizada na manhã desta quarta-feira (4) , e teve a duração de aproximadamente duas horas.

No encerramento da sabatina, os vereadores fizeram uma votação secreta para definir se aprovariam ou não Chiquinho para o cargo e o resultado foi o seguinte: dos 21 vereadores da “Casa” 19 votaram pela aprovação de Chiquinho, um votou contra e outro não compareceu ao plenário. Este último, ainda, mandou avisar que votaria “sim”, mas seu voto não foi acieto porque teria de estar presente.

Na sabatina, Chiquinho França apresentou num slide, o seu projeto de gestão e respondeu a várias perguntas dos vereadores.

Dentre as ações, estão o incentivo a atividades culturais na cidade, a realização do Festival Aberto Balenário Estância do Recreio (Faber), previsto para setembro, implementos no Conservatório Municipal como a inclusão da Banda Municipal.

“Estou muito feliz, a sabatina acabou sendo uma discussão muito saudável a respeito de nossa cultura. Foi um debate cultural maravilhoso e acredito que conseguimos a parceria da Câmara Municipal por todos os vereadores presentes”, disse Chiquinho.

O futuro presidente da FCI, disse que está muito seguro de seu papel como gestor da Fundação Cultural que é a valorização de mercado para os artistas, produtores e promotores de evento. “Vamos fazer com que nossa cultura se torne um produto de sucesso e autossustentável”, arrematou.

A sessão especial foi presidida inicialmente pelo presidente José Carlos Soares e em seguida pelo vice-presidente, Fábio Hernandez.

“Essa sessão foi de grande relevância para a cidade de Imperatriz e a gente está tratando da cultura de Imperatriz e a cultura precisa ser fomentada, até porque, a cultura e educação entrelaçadas são quem previnem vários fatores sociais que são reprováveis pela sociedade”, destacou o vereador Fábio Hernandez.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.