Aviação

Aviação gera 6,5 milhões de empregos no Brasil

O estudo inédito revela impacto do setor sobre cada estado.
Imirante Imperatriz, com informações da assessoria13/11/2016 às 14h01

BRASIL - Uma contribuição total de R$ 312 bilhões à economia do país em 2015 – equivalente a 3,1% do valor da produção nacional, amparando o emprego de quase 6,5 milhões de trabalhadores, o pagamento de R$ 25,5 bilhões em salários e a arrecadação de quase R$ 60 bilhões em impostos.

Estes grandes números nacionais e os correspondentes a cada unidade federativa do país, inéditos até hoje, estão na publicação sobre os benefícios da aviação nos estados, lançada pela Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear).

Utilizando metodologia consagrada e dados de fontes públicas nacionais, como IBGE e Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o levantamento segue modelo internacional que revela o potencial de multiplicação de benefícios da atividade por toda a sociedade em termos de produção econômica, geração de empregos, pagamento de salários e arrecadação de impostos.

“Esse olhar sobre cada estado é uma informação valiosa para os gestores públicos e privados”, diz o presidente da Abear, Eduardo Sanovicz. “Na última década, a aviação virou transporte de massa no Brasil e ganhou força como propulsora do desenvolvimento. Somos parte de um sistema de criação e distribuição de valor”, afirma.

“Mostramos que o peso da aviação frequentemente dobra quando consideramos o turismo viabilizado. Isso deixa clara a importância de alinharmos nossa a regulação e tributação aos parâmetros internacionais, o que ajudaria na retomada do crescimento econômico brasileiro”, explica.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.