IFMA Açailândia

Cursos de culinária são ministrados no IFMA de Açailândia

A iniciativa resultou de uma parceria firmada entre o Sesi e o IFMA.
Imirante Imperatriz, com informações da assessoria.04/11/2016 às 13h01

IMPERATRIZ - Com o intuito de promover elevação da qualidade de vida e educação alimentar, o Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Açailândia realizou atividades pedagógicas por meio do Programa Sesi Cozinha Brasil. A iniciativa resultou de uma parceria firmada entre o Sesi e o IFMA por meio do setor de Nutrição do Núcleo de Assistência ao Educando (NAE) do campus.

Na ocasião, foram ministrados os cursos de Educação Alimentar, Sabor de Saúde – Diabetes Gourmet e Sabor de Saúde – Hipertensão Gourmet. As atividades foram conduzidas por nutricionistas tendo como público alvo os alunos, servidores e terceirizados do campus, além de representantes de associações e do restaurante popular de Açailândia.

A chefe do NAE, Tatiana Leal, lembra que o campus já havia recebido cursos do Cozinha Brasil no ano de 2013 e destaca a importância de bons hábitos alimentares. “Vivemos numa sociedade onde o padrão alimentar é cada vez mais inadequado, devido ao crescente consumo de alimentos industrializados, prejudiciais à saúde, ricos em sal, gorduras, açúcar e aditivos”, comenta.

As aulas ocorreram na unidade móvel do Cozinha Brasil e também em uma sala de aula do próprio campus. Os participantes receberam treinamento teórico e prático, aprendendo o passo-a-passo de preparações básicas que rendem refeições nutritivas, econômicas e saborosas.

Ao todo, foram ofertadas 200 vagas nos cursos. Todos os alunos dos cursos receberam certificado de participação. Entre eles, estava o chefe de cozinha do Restaurante Popular de Açailândia, Josiel dos Santos. “Fazer o curso foi muito bom para mim, porque eu pude perceber o desperdício do dia-a-dia, e como podemos aproveitar os alimentos como um todo. A parte de higienização, conservação e congelamento foi importante também, porque eu pude aprender muito e vou usar no restaurante onde eu trabalho”, revela.

Alunas do curso técnico em Alimentos, Geovana Araújo e Lauany da Silva também avaliaram que a participação no curso foi bastante positiva. “A formação me mostrou que é possível sim comer bem gastando pouco, tendo acesso a um cardápio rico em nutrientes e acessível ao nosso bolso”, disse Geovana. “Através desse curso, pude descobrir que são inúmeras as formas para se alimentar bem e manter sua vida saudável”, relatou Lauany.

A servidora terceirizada Maria Regina dos Santos também foi aluna dos cursos e mostrou-se entusiasmada com o Programa Cozinha Brasil. “Eu aproveitei muito e gostei das receitas, muito fáceis e práticas de fazer”, pontuou.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.