Protesto na PM

Aprovados em concurso da PM cobram convocação para exames médicos

São mais de 500 na regional de Imperatriz.
Imirante Imperatriz16/09/2016 às 14h09

IMPERATRIZ – Os mais de quinhentos candidatos aprovados no concurso público para ingresso na Polícia Militar no ano de 20D12 já realizaram vários protestos e prometem mais atos contra o Governo do Estado. Os candidatos “sob-júdice”, como são conhecidos, aguardam a convocação para as demais etapas do processo de contratação que consiste em várias exigências.

De acordo com Cleyton Santos, líder do movimento, os candidatos reivindicam do governo o cumprimento das etapas seguintes do certame como os exames que comprovam a aptidão para o Curso de Formação de Soldados (CFS).

“Queremos que o governo convoque os aprovados para as etapas seguintes que são o Teste de Aptidão Física (TAF), exames médicos, exames odontológicos, investigação social e o curso de formação”, disse Cleyton.

A liderança informou que na regional de Imperatriz são mais de 500 candidatos aguardando ser chamado, mas em todo o Estado são 1.500.

“Nossa preocupação é que o governo chamou alguns candidatos recentemente e disse que não iria mais chamar ninguém. Podem pensar que já acabou, mas, ainda, há muita gente para chamar”, disse que prometeu novos protestos.

Os candidatos já realizaram vários atos de protesto, o mais recente deles durante uma visita do governador Flávio Dino à cidade.

Em nota, o Governo do Estado, deu sua versão sobre a convocação de aprovados no concurso da PM de 2012.

Nota do Governo do Estado

Fonte: Segep

A Secretaria de Estado da Gestão e Previdência (Segep) informa que os referidos manifestantes são candidatos sub júdice do último concurso para a Polícia Militar do Maranhão (PMMA).

A Segep ressalta ainda, que está cumprindo as determinações judiciais no que se refere a convocação desses candidatos, de acordo com a capacidade orçamentária do Estado.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.