Uema

Imperatriz: projeto da Uema estuda sobre variedades de soja

O projeto visa selecionar variedades de soja com maior eficiência.
Imirante Imperatriz, com informações da assessoria19/08/2016 às 11h10

IMPERATRIZ - Um estudo de impacto para cultura da soja está sendo realizado pelo professor Tiago Ferraz, do Curso de Agronomia da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), Campus de Imperatriz, com a participação de professores e alunos.

O projeto visa selecionar algumas variedades de soja com maior eficiência no uso da água e oferecer maior produtividade de grãos no estado do Maranhão. Para isso, pretende avaliar a condutividade hidráulica de diferentes variedades da planta e relacioná-las com medidas de trocas gasosas.

Tiago considera o projeto um mecanismo importante para a expansão do cultivo de soja para diversas regiões do estado. “Se conseguirmos diferentes respostas das variedades de soja testadas em relação à eficiência no uso da água em condições de campo, estarei satisfeito, principalmente porque contribuirá para o plantio da soja em regiões com regime irregular de distribuição de chuvas”, disse.

Para ele, o conhecimento ecofisiológico das mudas, em função das variedades, permite a seleção e o manejo adequado para as diferentes situações edafoclimáticas.

“A obtenção de informações sobre a eficiência no uso da água e a seleção de variedades, possivelmente mais tolerantes ao regime hídrico irregular, permitirá uma expansão dessa lavoura para as diversas regiões do estado do Maranhão”, acrescenta o professor.

O pesquisador informa que a proposta de pesquisa envolve a participação de diferentes grupos de estudo, estimulando a atividade multidisciplinar, a integração dos laboratórios, dos grupos de pesquisa e a articulação de propostas de trabalho conjuntas.

Na primeira etapa do experimento serão realizadas as avaliações da condutividade hidráulica de raiz em laboratório e na segunda etapa as plantas serão testadas em condições de campo em uma fazenda no município de Açailândia. “Serão estudadas 20 variedades de soja obtidas do banco de germoplasma da Embrapa”, conclui Tiago.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.