Operação

Operação conjunta das polícias continua na Região Tocantina

A operação vida prender suspeitos de crimes como homicídio, estupro e tráfico de drogas.
Imirante Imperatriz08/07/2016 às 15h06

IMPERATRIZ – A operação das polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal que visa prender suspeitos de crimes como homicídio, estupro e tráfico de drogas, continua na Região Tocantina. Na noite dessa quinta-feira- (7), um policial militar lotado do 3º Batalhão, em Imperatriz, foi preso.

Edson Soares Ribeiro, de 29 anos é suspeito de ter estuprado uma mulher no dia 6 de fevereiro, em João Lisboa. O carro dele, um veículo Fiat Punto de cor branca também foi apreendido.

Em depoimento, a vítima do estupro disse que o abuso foi praticado dentro do carro. Após o ato, o suspeito teria roubado seu telefone celular e feito ameaças, caso ela procurasse as autoridades.

Além do policial, mais 19 pessoas foram presas. Parte das prisões foi em flagrante, mas a maioria foi em cumprimento de mandados de prisão expedidos pela Justiça. A operação segue em Imperatriz, Estreito e Carolina.

A polícia informou, ainda, que mais 30 mandados de prisão devem ser cumpridos durante este trabalho. Na operação, foram apreendidos drogas, carros, motos e armas.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.