Mudança de endereço

Associação de Lojistas do Calçadão reage a mudança da Casa do Cidadão em Imperatriz

A entidade alega que mudança traz prejuízos ao comércio e aos usuários.
João Rodrigues/ Imirante Imperatriz22/06/2016 às 18h06

IMPERATRIZ – A Associação de Lojistas do Calçadão divulgou nota nesta quarta-feira (22), em que contesta a decisão do Governo do Estado em transferir a Casa do Cidadão de um prédio localizado na Avenida Godofredo Viana, no Centro, para as dependências do Imperial Shopping. A medida vem causando muitas reclamações de usuários desde a semana passada.

Lojistas e pessoas de vários segmentos da sociedade, que usam os serviços da Casa do Cidadão, criado como Viva Cidadão e trocado de nome na atual gestão, alegam que o novo local fica distante e torna mais complexo o atendimento do público.

O presidente da ALC, Marcone Marques ressalta que a mudança causa prejuízos aos estabelecimentos comerciais daquela região da cidade. Ele acrescenta que os usuários da periferia e de vários municípios da Região Tocantina que procurarem atendimento na Casa do Cidadão terão maior dificuldade para acesso e mais gastos devido a localização muito distante do local onde sempre funcionou.

A liderança do setor lojista da segunda maior cidade do Estado já manteve contatos com a Associação Comercial e as duas entidades juntas estudam uma reação a medida.

Marques chegou até a sugerir que em vez de transferir a Casa do Cidadão para o Imperial Shopping, o ideal seria que o endereço da rua Godofredo Viana continuasse com os serviços e uma nova Casa do Cidadão fosse aberta no shopping.

Marques acrescentou, em contato por telefone com a reportagem, que a Associação de Lojistas do Calçadão e Associação Comercial deverão ter uma audiência com o governador nos próximos dias para tratar sobre o assunto.

Reação na Câmara

Desde a semana passada a transferência da Casa do Cidadão da rua Godofredo Viana para o shopping vem vendo motivo de muita reclamação na cidade. Pauta de todos os veículos de comunicação, o assunto, também, foi levado à Câmara onde alguns vereadores se posicionaram. O presidente da Câmara, José Carlos Soares reagiu com indignação a medida e prometeu "brigar" pela manutenção da Casa do Cidadão no seu endereço original.

Atualmente com o nome de Casa do Cidadão, o órgão foi criado pela governadora Roseana Sarney como Viva Cidadão. No local são realizados atendimentos a diversos serviços oferecidos pelo Governo do Estado ao cidadão, como a emissão de carteira de identidade, título de eleitor, serviços oferecidos pelo Detran, e pagamentos de contas, entre outros.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.